CENÁCULOS DE RESISTÊNCIA E UTOPIA

Postado por Valentin Ferreira

Na história da Igreja, o cenáculo ficou sendo o símbolo de uma comunidade que, mesmo em meio às tensões, resiste unida.

Por Marcelo Barros(*) / Dom Total

No mundo atual, sem dúvida, na base da crise econômica, sócio-política e ecológica da humanidade há um problema cultural. Quando há um terremoto, os técnicos procuram onde se deu o epicentro, isso é, o ponto nodal de onde partiu a falha da camada geológica. O epicentro da crise que a humanidade vive pode estar em uma violência cultural que nos fez romper com a dimensão comunitária que está inserida no DNA de cada ser humano e aceitar o individualismo, a cultura de competição e de absolutização do lucro que o papa Francisco chama de “cultura da indiferença” com  o sofrimento dos pobres, tratados como descartáveis.

Continue Lendo

PEDRO: O DISCÍPULO ERRANTE, MAS AMANTE

Postado por Valentin Ferreira

As ‘redes’ que prendiam Simão em si mesmo são largadas para que ele pudesse se transformar em um ‘pescador de homens’

Por Daniel Reis* / Dom Total

Desde a sua vocação, nas margens do Mar da Galileia (cf. Mc 1,16-18), Simão (Pedro) nutriu um grande amor por seu Rabi, Jesus, pelo qual “largou imediatamente suas redes” (v.18) e o seguiu. As “redes” que prendiam Simão em si mesmo são largadas para que ele pudesse se transformar em um “pescador de homens” (v.17), que pescaria para o amor do Senhor todos aqueles que “se deixassem seduzir” (cf. Jr 20,7) pelo anzol do Evangelho.

Jesus entra na vida de Pedro e o coloca “a serviço”, como fez com sua sogra ao entrar em sua casa e curá-la (Mc 1, 29-31). Ao dar falta de Jesus que se retirou para orar, Simão “procura-o ansioso” (v. 36). O Mestre, ao chamar a si para o alto da montanha “os que ele queria” (v.13b), quando da instituição dos Doze (Mt 10,1-4), Simão Pedro é o primeiro (v.2b). Este primado é confirmado quando da acertada resposta de Simão à pergunta de Jesus sobre sua identidade: “Tu és o Cristo, o filho … Continue Lendo

COTAS FORAM REVOLUÇÃO SILENCIOSA NO BRASIL, Afirma especialista

Postado por Valentin FerreiraApesar do crescimento, os negros ainda não alcançaram o índice de brancos diplomados.

Do Blog Domtotal

A chance de ter um diploma de graduação aumentou quase quatro vezes para a população negra nas últimas décadas no Brasil. Depois de mais de 15 anos desde as primeiras experiências de ações afirmativas no ensino superior, o percentual de pretos e pardos que concluíram a graduação cresceu de 2,2%, em 2000, para 9,3% em 2017.

Apesar do crescimento, os negros ainda não alcançaram o índice de brancos diplomados. Entre a população branca, a proporção atual é de 22% de graduados, o que representa pouco mais do que o dobro dos brancos diplomados no ano 2000, quando o índice era de 9,3%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Continue Lendo

O ESCÂNDALO DA DESIGUALDADE

Postado por Valentin FerreiraEm tempos desequilibrados é preciso recolocar a pessoa e o trabalho no centro do mundo.

Por Anne Wells* / Dom total.

Quarenta milhões de pessoas vítimas de tráfico e reduzidas a condições de verdadeira escravidão, incluindo muitos menores. Mas também um ínfimo um por cento da população mundial que detém a riqueza dos restantes 99%. Em um mundo cada vez mais desigual, um pequeno grupo de extremamente ricos vive ao lado de um número cada vez maior de pessoas que nem sequer são considerados como tais, mas mera mercadoria de troca ou ferramenta de trabalho.

A apresentação do relatório de 2018 da Oxfam, em janeiro passado na cúpula de Davos, novamente evidenciou com maior dramaticidade os paradoxos de um sistema global que cria vastas áreas não só de pobreza, mas de discriminação, empobrecimento e exploração. Um mundo onde 82% do aumento da riqueza líquida registrada entre março de 2016 e março de 2017 acabou nos bolsos de uma pequena elite de super-ricos, enquanto mais da metade da população mundial (3,7 bilhões de pessoas) não teve nenhum tipo de benefício. “O mundo – afirma em entrevista o professor Leonardo Becchetti, professor de Economia na Universidade de … Continue Lendo