TASSO CORTA ASAS DE DORIA, CRITICA DISCURSO DE ÓDIO E DIZ: ALCKMIN É O CANDIDATO

Postado por Valentin Ferreira

“Alckmin é uma das lideranças mais importantes do partido há muito tempo e é o primeiro da fila”, diz o senador Tasso Jereissati (PSDB-MG), que afirma que, se não houver consenso, o candidato tucano será escolhido por meio de prévias; como o prefeito João Doria promete não disputar prévias contra seu padrinho Geraldo Alckmin, tudo indica que o governador paulista será mesmo o candidato do PSDB à presidência da República em 2018;

Continue Lendo

POLÍTICOS EM BAIXA, OVOS EM ALTA

Por Valentin Ferreira 

 

POLÍTICOS EM BAIXA, OVOS EM ALTA

Por Valentin Ferreira 

A ovada recebida por Doria em Salvador e toda comitiva comandada por ACM Neto, mostra que não é qualquer político que pode sair às ruas em tempos de Golpe. Se por um lado há uma indiferença com tudo o que está acontecendo, há  também grupos inconformados com certas figuras políticas.

Ovos, de vez em quando, entra na pauta das manifestações contra certos mandatários. Alguém pode até dizer que é uma agressão, mas vamos lá, uma ovada é muito menos do que a administração Doria tem feito com os pobres em São Paulo. Basta lembrar a indiferença do prefeito em relação ao episódio do jato de água fria para acordar as pessoas desabrigadas no cento da capital. A “limpeza” pretendida por sua administração tem discriminado e submetido pessoas como se lixo fossem.

No Brasil o campeão de ovadas é o ex-senador José Serra. Mas já foram “castigados” Marta Suplicy, Paulo Maluf, entre outros.

O “gestor” ousou no teste das ruas e pode perceber através do inconfundível cheiro do ovo, o odor do desemprego, na carência do povo confrontado com a arrogância do poder.

Porém, episódio deixa uma ponta … Continue Lendo

ESTUDANTES VÃO ÀS RUAS PARA DEFENDER O PASSE LIVRE DOS ATAQUES DE DORIA

Por Valentin Ferreira  / da Rede Brasil AtualEstudantes vão às ruas para defender o passe livre dos ataques de Doria
Por Rede Brasil AtualEstudantes de São Paulo prometem realizar nesta quarta (12) um ato em defesa do passe livre  estudantil. A manifestação, convocada pela União Nacional dos Estudantes (UNE), está marcada para as 16h, em frente ao prédio da prefeitura, na região central da capital. O direito dos estudantes, garantido em 2015 pela gestão de Fernando Haddad (PT), está sob ameaça do tucano João Doria, que assumiu no começo do ano.

Doria anunciou, no sábado (8), alterações no programa que, de acordo com a organização, “inviabilizam a passagem daqueles que moram longe dos centros e qualquer acesso à cidade, limitando a formação do estudante apenas às salas de aula e garantindo cada vez mais a exclusão da juventude dos espaços públicos”.

Continue Lendo