FRANCISCO, UM PAPA PORRETA!

Postado por Blog do Valentin

Por Valentin Ferreira

Antecipadamente me desculpo com aqueles que podem torcer o nariz com o título acima. Não será coincidência, pois talvez,sejam os mesmos que não gostam da “linha” política e doutrinária do ex padre Jorge Mario Bergoglio.

Depois de João XXIII e Paulo VI, Francisco retoma as pegadas do Mestre ao recolocar a Igreja nas perigosas veredas do cristianismo comprometido com a os mais sofridos e prediletos do Filho do carpinteiro.

O Papa Francisco depois de tocar em feridas profundas da Igreja Católica, como a pedofilia, escarafunchar as Finanças e  mudar cargos na estrutura burocrática empedernida;  depois  estender as mãos para resgatar a dignidade de Gays, Divorciados, Refugiados e um mundo de Desclassificados Sociais; depois de, mais uma vez corajosamente, incluir na  pauta, nada ortodoxa do próximo Sínodo da Amazônia  outro assunto delicado – padres casados -, anunciou nesta segunda,  4/3, que abrirá completamente os Arquivos Secretos do Vaticano da época do Papa Pio XII, acusado de ter se omitido por ocasião no Holocausto durante da Segunda Grande Guerra. (leia AQUI)

Por toda sua história e testemunhosPor dezenas de pots  que este modesto canal já publicou, trazendo  seus proféticos pronunciamentos, Continue Lendo

PAPA FRANCISCO EXPERIMENTA A IMPOTÊNCIA DOS EMPOBRECIDOS

Postado por Valentin Ferreira

Ao optar claramente por um papado que comunga a condição dos empobrecidos da Terra, o Papa Francisco também experimenta a impotência dessa parcela de seres humanos no mundo contemporâneo.

Quando Francisco abre uma lavanderia e um albergue para o povo de rua ao redor do Vaticano, suas atitudes até são divulgadas. Porém, quando exige da Igreja e de toda sociedade uma conversão ecológica para preservar a humanidade e a criação, os ouvidos são moucos, inclusive em grande parte da própria Igreja Católica. Os que aceitaram seu desafio vêm mais de fora da Igreja que de seus quadros.

Quando condenou uma “economia que mata”, uma sociedade do descarte, o silêncio foi absurdo.

Quando Francisco leva uma malinha pessoal nas próprias mãos, vira notícia. Porém, quando condena os golpes na América Latina, baseado em calúnias, na divulgação caluniosa da velha mídia, referendada por um judiciário parte do golpe, vem o silêncio.

Continue Lendo