DRAUZIO VARELLA: O QUE A PANDEMIA ME ENSINOU SOBRE OS IRRESPONSÁVEIS DO BRASIL

Vamos pagar um preço muito alto”, afirma o médico Drauzio Varella (Imagem Reprodução)

O oncologista reflete sobre o resultado desastroso da crise de saúde no país e diz que Bolsonaro e os médicos que apoiam tratamentos não comprovados contra a doença são coautores da tragédia.


Drauzio Varella
Tenho 77 anos, idade suficiente para ser realista e não repetir os equívocos da juventude. Eu esperava que as coisas seriam difíceis no Brasil durante a pandemia em razão dos obstáculos que boa parte da população brasileira enfrenta diariamente. Mas não imaginava que seriam tão difíceis. Sabia que quem vive do pequeno comércio sofreria, que aqueles que têm condições de moradia mais precárias teriam dificuldade em isolar os seus. Mas nunca imaginei que fôssemos viver um enfrentamento selvagem, com festas, aglomerações e a disseminação do vírus por pessoas que parecem não se preocupar com a vida de seus próprios familiares. A palavra correta para descrever o comportamento de muitos brasileiros é a selvageria. E temo estar ofendendo os selvagens ao fazer uso dela.

Continue Lendo

IMPACTO NA SAÚDE MENTAL SERÁ SEQUELA MAIS DEVASTADORA QUE A PANDEMIA.

Suicídios estão longe de ser provocados só por dilemas existenciais e filosóficos insolúveis, como ainda há quem pense

Por Drauzio Varella / Folha

Transtornos psiquiátricos serão as sequelas mais prevalentes da epidemia.

Embora o vírus possa provocar complicações tardias pulmonares, cardíacas, vasculares, renais, musculares e cerebrais, entre outras, o impacto na saúde mental será mais devastador, justamente por afetar uma área já problemática antes da pandemia.

Anos atrás, a OMS (Organização Mundial da Saúde) previu que depressão se tornaria a principal causa de absenteísmo nas empresas, a partir da década de 2020. Os trabalhadores faltariam mais por crises depressivas do que por dores na coluna, gripes e resfriados. No mercado financeiro de São Paulo, a previsão se confirmou antes de 2020.

Continue Lendo