EDUCAÇÃO FINANCEIRA AINDA ENGATINHA NAS ESCOLAS BRASILEIRAS

Postado por Valentin Ferreira

Aulas ainda não chegaram à maioria das escolas do País e muitos dos professores não tiveram treinamento sobre o assunto.

No ensino fundamental, a educação financeira já é lei desde dezembro. Em breve, o tema deve entrar no currículo do ensino médio, já que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) propõe que o tema seja incluído de modo interdisciplinar. Mas a realidade é que essas aulas ainda não chegaram à maioria das escolas do País e muitos dos professores não tiveram treinamento sobre o assunto. Quem sai prejudicado é o aluno, que perde a chance de aprender a controlar os gastos ainda na infância, o que é essencial para uma vida financeira saudável no futuro, segundo especialistas.

A situação é mais grave nas Regiões Centro-Oeste e Nordeste, onde estão, respectivamente, só 7% e 8% das escolas do País que trabalham o conteúdo, segundo a Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF Brasil). Superintendente da entidade, Cláudia Forte ressalta que o ensino é ainda mais importante em regiões carentes. “Nesses locais que percebemos a semente frutificar.”

Continue Lendo