A ELITE DO ATRASO E SUAS MAZELAS

CAPA DO LIVRO DE JESSÉ SOUZA. FOTO: REPRODUÇÃO

Por Paulo Nogueira Batista Jr

‘No Brasil, os donos do dinheiro e do poder apresentam características altamente problemáticas, como se sabe há muito tempo’

Gostaria hoje de dar uns tecos na “elite do atraso”. Ela merece muito mais do que tecos, claro. Mas vou exercer certa autocontenção. Não é fácil fazê-lo, como o leitor certamente imagina.

No Brasil, os donos do dinheiro e do poder apresentam características altamente problemáticas, como se sabe há muito tempo.

Machado de Assis já notava em 1861: “O País real, esse é bom, revela os melhores instintos; mas o País oficial, esse é caricato e burlesco”

Continue Lendo

JESSÉ SOUZA: É PRECISO EXPLICAR O BRASIL DESDE O ANO ZERO

O sociólogo Jessé Souza, autor de ‘A elite do atraso’, lançado pela editora Leya (Divulgação)

Por Amanda Massuela /Revista Cult

Em A elite do atraso – Da escravidão à Lava Jato, Jessé Souza quer fazer o que, em sua opinião, nenhum intelectual da esquerda jamais fez: explicar o Brasil desde o ano zero. Isso porque se ideias antigas nos legaram o tema da corrupção como grande problema nacional – conforme defende no livro -, só mesmo novas concepções sobre o país e seu povo poderiam explicar, de uma vez por todas, que as raízes da desigualdade brasileira não estão na herança de um Estado corrupto, mas na escravidão.

Para tanto, o sociólogo confronta uma das principais obras do pensamento social brasileiro, Raízes do Brasil (1936), de Sérgio Buarque de Holanda – responsável por utilizar pela primeira vez a ideia de patrimonialismo para definir a política nacional. Jessé compreende que o conceito – segundo o qual o Estado brasileiro seria uma extensão do “homem cordial” que não vê distinções entre público e privado – serve para legitimar interesses econômicos de uma elite que manda no mercado, este sim a real fonte de corrupção e poder.

Continue Lendo

JUCA KFOURI ENTREVISTA O SOCIÓLOGO JESSÉ SOUZA

Postado por Valentin Ferreira

Sociólogo autor do livro ‘Elite do atraso’ foi o convidado de Juca Kfouri no programa Entre Vistas, da TVT. “Quem nos assalta é o sistema do capital. Um presidente ou um juiz são lacaios”, afirma.

Ao longo de quase uma hora de programa, o sociólogo explicou sua visão de Brasil, cujo elemento central é a formação da sociedade a partir da escravidão e suas consequências. “A escravidão aqui era um sistema inteiro, tudo foi montado em torno dela. Essa teoria foi criada no Brasil e isso é decisivo. Quando se resgata a escravidão como questão principal, se resgata o elemento da humilhação e da distribuição da riqueza”, explica.

Fonte e matéria completa: Rede Brasil Atual

Continue Lendo