MAIORIA PREFERE INVESTIMENTO NA ÁREA SOCIAL, diz Datafolha

Por Thiago Amancio

Maioria prefere investimento em área social a segurança para combater violência, diz Datafolha

A maioria dos brasileiros acredita que, para combater a violência, o governo deve priorizar investimentos na criação de empregos e na melhoria da educação, e não especificamente na área da segurança, como no treinamento e na compra de equipamentos de policiais.

É o que aponta pesquisa Datafolha feita em dezembro deste ano. Para 57% dos entrevistados, é mais importante investir em áreas sociais do que na segurança. O investimento em polícias é mais importante para 41% . Outros 2% responderam que não sabem.

Esse índice é alto mesmo entre quem apoia o presidente Jair Bolsonaro, que se elegeu com um discurso de endurecimento da segurança pública

Entre os que avaliam o governo com ótimo ou bom, 51% acreditam que se deve investir mais nas áreas sociais, e 47% acreditam que se deve investir mais em polícias.

Veja Matéria Completa AQUI

Continue Lendo

22,7% DOS DOMICÍLIOS NÃO TIVERAM RENDA DE TRABALHO NO 1º TRIMESTRE

Postado por Blog do Valentin

uase um quarto dos domicílios brasileiros viveram sem nenhuma renda obtida com trabalho no primeiro trimestre do ano, informou nesta terça-feira (18) o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

“Hoje, 22,7% dos domicílios não tem nenhuma renda do trabalho, o que é muita coisa. A crise bateu muito forte no mercado de trabalho e mais fortemente no trabalhador menos escolarizado, com emprego de pior qualidade e esse trabalhador tem sofrido mais com a crise”, explicou a economista Maria Andréia Lameiras, técnica em planejamento e pesquisa do órgão.

Continue Lendo

GANHAR MAIS, GASTAR MENOS: APPs TE AJUDAM A DAR UM GÁS NA VIDA FINANCEIRA

Postado por Blog do Valentin

Por Rodrigo Lara /UOL

O segredo de uma vida financeira saudável é relativamente simples: gastar menos do que você ganha. O problema é outro: como colocar isso em prática enquanto os boletos não param de chegar?

Se você é aquele tipo de pessoa que vive fechando o mês no vermelho e não sabe como resolver esse problema, temos uma boa notícia: com a ajuda de alguns apps, você poderá não apenas colocar a sua vida financeira em ordem como também ganhar uma graninha extra.

Continue Lendo

“TRABALHO PRECÁRIO, INTERMITENTE, É A ANTESSALA DO DESEMPREGO”, diz Ricardo Antunes

Postado por Blog do ValentinSociólogo analisa o futuro do trabalho no Brasil e a nova massa superexplorada da era dos serviços digitais

Do Brasil de Fato

Ricardo Antunes é um dos maiores especialistas brasileiros no tema do mundo do trabalho. Atualmente, é professor de sociologia do trabalho na Universidade Estadual de Campinas. Em seu último livro, intitulado O Privilégio da Servidão, Antunes desenhou um quadro da situação da classe trabalhadora na história recente do Brasil, a partir do fim da ditadura militar. O estudo se concentra no que ele chama de “novo proletariado de serviços”, alavancado com o crescimento do trabalho digital, on-line e intermitente dos últimos anos.

Em entrevista ao Brasil de Fato, o sociólogo falou sobre o futuro do trabalho, as características das relações trabalhistas no Brasil e os impactos da reforma trabalhista sobre esse cenário.

Continue Lendo

JUVENTUDE: ESTUDO, EMPREGO E FUTURO. O QUE ESPERAR NUM BRASIL DESGOVERNADO?

Postado por Valentin FerreiraAlém dos jovens enfrentarem mais dificuldades para conseguir trabalho, quando empregados, são os mais vulneráveis à demissão / (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Do Brasil de Fato

Conseguir um emprego, entrar na faculdade e construir uma vida estável. Esses são os objetivos de qualquer jovem entre 18 e 24 anos. No entanto, essa parcela da população é uma das mais afetadas pela crise econômica que assola o país e a consequências desse cenário vão muito além de questões financeiras.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que, em 2018, o índice de desemprego entre os jovens brasileiros foi de 25,2% e atingiu 11,6% da população em geral. Ou seja: a probabilidade de um jovem estar desocupado é duas vezes maior do que a do restante dos brasileiros. Os números mostram que a realidade daqueles que daqui há alguns anos deveriam compor a centralidade da força produtiva do país é desanimadora.

Continue Lendo

OS JOVENS SEM OPORTUNIDADES DE TRABALHO E ESTUDO SERÃO DESAFIO PARA O PRÓXIMO PRESIDENTE

Postado por Valentin Ferreira

Paulo Edson Teixeira tem uma ideia fixa. Participa de três grupos de WhatsApp, segue diversos perfis nas redes sociais, troca mensagens diárias com amigos, tudo com variações sobre o mesmo tema: conseguir o primeiro emprego.

Paulo tem apenas 20 anos, mora na Vila Kennedy, comunidade na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e concluiu o ensino médio no ano passado. Este ano deveria marcar seu ingresso em uma faculdade ou um curso de qualificação, ou ainda seus primeiros passos na vida profissional, mas ele se vê em um limbo de falta de oportunidade.

“Estou todo dia na busca, mas até agora nada”, diz ele, que costuma sair distribuindo currículos com o amigo Mateus da Silva Lopes, também da Vila Kennedy.

Continue Lendo