A MP DO ESTADO ANARCOCAPITALISTA

Postado por Blog do Valentin

Por Maria Cristina Fernandes /Valor Econômico

Jair Bolsonaro prometeu a pequenos comerciantes e empreendedores tirar a trava do Estado do caminho de sua prosperidade. Com a MP da Liberdade Econômica, o presidente vai além do cumprimento de uma promessa de campanha. Em apenas quatro meses fez passar na Câmara uma iniciativa que ameaça a capacidade regulatória do Estado e mina os freios contra o abuso do poder econômico.

A Câmara que, na reforma da Previdência, funcionou como um contrapeso às medidas mais radicais do governo, desta vez, se limitou a podar as selvagerias mais gritantes contra o que restou da legislação trabalhista. Sob o escudo de uma proposta que, aparentemente, não afeta a vida da população, tornou-se sócia do anarcocapitalismo que inspira a equipe sub-30 que o Paulo Guedes colocou na secretaria de desburocratização do Ministério da Economia.

Continue Lendo

COMO OS POBRES SUSTENTAM OS RICOS, Por Frei Betto

Postado por Blog do Valentin

Em menos de 24 horas a França arrecadou 2 bilhões de euros para reconstrução da Catedral de Notre Dame, na qual fiéis, sacerdotes, bispos e cardeais manifestam a fé de que todos os seres humanos são filhos de Deus e merecem viver com dignidade.  A mesma França que desde 1957, ou seja, após 62 anos de independência de suas colônias na África, cobra delas 85% de suas reservas nacionais.

São 15 países que pagam um salvo-conduto à França todo ano. Alguns são marcados por destruição, guerras e fome, como Benin, Burkina Faso, Costa do Marfim, Mali, Níger, Senegal, Togo, Camarões, República Centro Africana, Chade, Congo, República da Guiné e Gabão. Destes, seis figuram entre os mais miseráveis do mundo.

Continue Lendo

CARTA ABERTA AO HUMANO BRASILEIRO, Por Luís Fernando Praga

Postado por Valentin Ferreira

Racionalmente, enquanto ser humano, não posso duvidar da humanidade de quem já desprezou metade dos seres humanos do Brasil, nem da humanidade de quem já demonstrou e demonstra ódio profundo por determinados seres humanos do Brasil e do mundo.

Não posso duvidar da humanidade dos que exigem uma “justiça” arbitrária e tirana para alguns, mas não querem que essa mesma “justiça” torta recaia sobre si próprios.

Mesmo que não vejam seres humanos, mas criaturas inferiores, naqueles a quem odeiam; mesmo que se orgulhem de seu ódio e de seus preconceitos, eu não devo seguir o exemplo da ignorância e deixar de tratá-los como seres humanos. Apesar de alguns discursarem e agirem de forma desumana, todos somos humanos e imperfeitos.

Continue Lendo