LIÇÕES SOBRE A FOME

“No Brasil aprendi que o combate à fome não é somente uma questão de dinheiro, mas de vontade política”

É difícil acreditar que o Brasil, que se destacou internacionalmente pelo Fome Zero e é um dos maiores produtores de alimentos no mundo, seja agora um dos menores doadores na luta global contra a fome.

Caros brasileiros,

quando o Programa Alimentar Mundial da ONU foi agraciado com o Prêmio Nobel da Paz na semana passada, fiquei realmente contente. E, imediatamente, pensei no Brasil.

Pensei num Brasil que, junto com outros 12 países, foi premiado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura (FAO) em dezembro de 2014 pelo seu êxito do combate à fome. Num Brasil que conseguiu sair do vergonhoso Mapa da Fome da ONU.

Continue Lendo

NÃO HÁ FOME ZERO SEM VONTADE POLÍTICA

Postado por Blog do Valentin

Por José Graziano da Silva / Valor Econômico

De acordo com o último relatório das Nações Unidas sobre segurança alimentar, a fome aumentou pelo terceiro ano consecutivo no mundo, afetando, ainda hoje, 820 milhões de pessoas.

Trata-se de uma situação preocupante, já que só restam um pouco mais de dez anos para que os países atinjam os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, cuja agenda tem por primeira meta a erradicação da pobreza e por segunda a erradicação da fome.

Quase 17 % da população argentina está em situação de insegurança alimentar severa e outros 45% em situação moderada. Isso significa que 2 em cada 3 pessoas ou passa fome ou sofre restrições significativas na sua alimentação normal

Continue Lendo