NERO E “NARO”: AS ARMAS DE CADA UM

Por Blog do Valentin

Por blogdovalentin.com.br

Fórum Brasileiro de Segurança Pública, entidade que publica o Anuário de Segurança Pública, criticou em nota o decreto assinado na terça-feira (7) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), facilitando o porte de arma de fogo. A medida altera requisito do Estatuto do Desarmamento, em vigor desde 2003, que exigia “efetiva necessidade por exercício de atividade profissional de risco ou de ameaça à sua integridade física” para liberação do porte de arma. De acordo com o decreto de Bolsonaro, fica entendida a efetiva necessidade para políticos, advogados, caminhoneiros e agentes de trânsito, entre outros.

Fórum Brasileiro de Segurança Pública afirma que o decreto, além de contrariar a legislação atual, “ignora estudos e evidências que demonstram a ineficiência de se armar civis para tentar coibir a violência em todos os níveis”.

Do IHU

Continue Lendo