OS ERROS MAIS COMUNS QUE LEVAM EMPREENDEDORES AO FRACASSO

Postado por Blog do Valentin

Atitude passiva, problemas com sócios e com as finanças podem levar pequenos negócios para o buraco

Por Carolina Muniz /Folha

Falta de planejamento, dificuldades de gestão e comportamento passivo são os principais fatores que levam uma empresa ao fracasso. Em muitos casos, o empreendedor demora a descobrir o problema que está ameaçando sua empresa porque resiste em fazer uma autoanálise e buscar ajuda.

A seguir, veja sete erros mais recorrentes cometidos por pequenos empresários e formas de evitá-los, de acordo com especialistas em negócios.

Continue Lendo

POR QUE A LIDERANÇA INACIANA VIROU MODA NAS EMPRESAS?

Postado por Blog do ValentinLEADERSHIP
Um guia das competências que todo líder deve ter, segundo o fundador da Companhia de Jesus

Liderança tem a ver com direcionamento. Ter preocupação com as pessoas e não só com as tarefas, proporcionar uma visão de conjunto, acompanhar, inspirar…

É por isso que o conceito de “liderança inaciana” se popularizou nas diretorias das empresas. O termo se refere ao exercício de recuperação das instituições praticado por Santo Inácio de Loyola e à forma como ele acompanhava as pessoas até o sucesso de uma determinada missão.

As dimensões da liderança inaciana servem para orientar tecnicamente os ocupantes de cargos de direção em relação aos valores e princípios relacionados com a tradição dos jesuítas. Elas foram extraídas do célebre escrito “Exercícios Espirituais” e de um texto menos conhecido: “Constituições da Companhia de Jesus e Normas Complementares”. Confira:

Continue Lendo

SERIAM OS GESTORES PRIVADOS GOVERNANTES? Por Boeotorum Brasiliensis

Postado por Valentin Ferreira / do Jornal GGN

Há a percepção de que gestores privados, pelo seu background, são mais preparados para gerir o setor público com eficiência. Essa percepção resiste ao tempo e às evidências ao contrário

Por Boeotorum Brasiliensis

Empresários, gestores e a administração pública

Necessariamente, ter sucesso empresarial não qualifica as pessoas para o exercício da gestão pública. De início, surge a questão de vocação do gestor privado por excelência e a exigida de um gestor público. Os objetivos são distintos e, não raro, incompatíveis. A propalada eficiência conferida à gestão do Estado pelo gestor privado bate em duas circunstâncias elementares.

Continue Lendo