A RETÓRICA ANTICOMUNISTA

Imagem: Hamilton Grimaldi

Do anticomunismo ao antipetismo

 Por CARLA TEIXEIRA*

A história nos mostra que cedo ou tarde, no Brasil, o golpe contra os governos trabalhistas sempre vem

No Brasil, o desenvolvimento industrial e urbano foi acompanhado pelo crescimento e a organização das classes populares. Os anos 1960 marcaram o ponto de inflexão no conflito instalado entre suas demandas, que pediam a ampliação de direitos (de votar, de ser eleito, educação, saúde, reforma agrária, urbana, política etc.), e os setores conservadores que buscavam a manutenção de sua hegemonia política, econômica e social. A Guerra Fria inflou o velho discurso anticomunista e avolumou os ânimos, alargando uma cultura política disseminada e internalizada junto à sociedade brasileira ao longo de décadas. Atribuiu-se aos comunistas uma posição de força muito maior que a real.

Continue Lendo

COMO CHEGAMOS A ESSE PONTO? VIRAM NO QUE DEU? NÃO DAVA PARA PREVER?

Postado por Blog do Valentin

REESCREVENDO A HISTÓRIA

Por  Marcelo Rubens Paiva/  Via Era da Idiocracia

Como chegamos a esse ponto? Viram no que deu? Não dava para prever? Política é complexa. Mas a história ajuda a descobrir decisões erradas, traições, expor a ingenuidade dos sujeitos que a fazem.
Numa fria segunda-feira, 20 de fevereiro em 1933, em Berlim, carros estacionaram diante do palácio da chancelaria. Deles descem Gustav Krupp, Wilhelm von Opel, Albert Vögler, Wolfgang Reuter, doutor Stein e outros.
Vestiam casacos pesados, chapéus, e mergulharam pelas escadas e corredores da presidência do Reichstag que seria, em meses, incendiado pelos nazistas, num episódio infame em que culparam os comunistas, justificaram o fechamento do congresso e a instauração da ditadura.
Continue Lendo

ALGUÉM TINHA DÚVIDAS SOBRE O TRIO LAVA-JATO/GOLPE 2016/PRÉ-SAL? BARRIL LEILOADO A R$ 0,34.

Postado por Blog do Valentin

Da .FUP

Após cinco leilões, multinacionais já são donas de 75% das reservas do Pré-Sal

Como já era previsto, as petrolíferas estrangeiras fizeram a festa durante a 5ª Rodada de Licitação do Pré-Sal, onde arremataram mais de 90% dos 17,39 bilhões de barris de petróleo que foram leiloados. Fazendo a equivalência entre os R$ 6,82 bilhões que o governo arrecadou em bônus de assinatura e o valor atual do barril de petróleo, chegaremos a bagatela de R$ 0,34 o preço médio pago por cada barril do Pré-Sal leiloado.

Para protestar contra mais esse crime de lesa pátria, a FUP e seus sindicatos realizaram manifestações em frente às sedes da Agência Nacional do Petróleo (ANP), no Rio de Janeiro, e da Petrobrás, na Avenida Paulista (SP), além de atos e mobilizações nas bases da petrolífera brasileira. Na terça-feira (25), a FUP tambémingressou com uma Ação Civil Pública, cobrando a suspensão da 5ª Rodada.

Continue Lendo

MORO TAMBÉM ERA CUNHA?

Postado por Blog do Valentin

Caiu como uma bomba no meio político a revelação de que o ex-juiz Sergio Moro impediu a apreensão dos celulares de Eduardo Cunha – ex-deputado que tramou a compra de votos para derrubar a ex-presidente Dilma Rousseff no golpe de 2016. Para parlamentares da oposição, a revelação deixa claro que Moro foi peça decisiva no golpe de estado de 2016, que derrubou a presidente Dilma Rousseff e a substituiu por Michel Temer. Confira reportagem do Conjur e reações do meio político

Fonte e Mais informações: Brasil 247

Continue Lendo

GOLPE CONTRA DILMA POSSIBILITOU AUMENTO DE QUASE 60% NO SALÁRIO DOS JUÍZES.

Postado por Valentin Ferreira

O golpe parlamentar de 2016, que derrubou a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), foi bastante lucrativo para os funcionários públicos do Poder Judiciário.

Após o golpe, o governo Temer concedeu dois aumentos que totalizam um acrescimento de R$ 57,78%, (41,4% + 16,38%), sendo que o novo reajuste recai sobre o primeiro, aumentando o rendimento em relação ao período anterior ao golpe. Com o primeiro aumento, em 2016, os juízes do Brasil consumiram R$ 1,26% do PIB somente com salários.

Continue Lendo