NÃO HOUVE ARREGO E NEM ERA GOLPE

IMAGEM: Marina Gusmão, Cobra doce.

Por JULIAN RODRIGUES* / Do site A terra é redonda

O impeachment está fora do cenário imediato e a terceira via se enfraquece.

O 7 de setembro bolsonarista nunca foi verdadeiramente o dia de tomar a sede do STF ou decretar estado de sítio. Até porque, o golpe já foi dado – começou em 2016. Desde lá, vivemos um coup encours, um putsch in progress. Bolsonaro nunca escondeu seu objetivo de fechar o regime.

Bolsonaro já está no governo. E os militares também. Para que dar um golpe agora? Quem impediria um golpe bolsonarista? As Forças Armadas – que majoritariamente apoiam o ex-capitão? Ele segue tendo maioria na Câmara e não está preocupado com o agora, mas sim com 2022. Não é um governo “normal”; mas disruptivo – blefa, ameaça, alardeia golpe todo dia.

Continue Lendo

LISTA DE COISAS PARA O GOLPE

Charge: Aroeira

Por José Roberto Torero/Carta Maior (05 de junho: Lista de Coisas para o golpe)

– Arranjar um advogado que diga que o golpe está certo – Ives Gandra – OK.

– Arranjar um PGR que diga que o golpe não é golpe – Aras – Ok.

– Comprar o Centrão – OK.

– Botar um monte de dinheiro em sites de direita – OK.

– Fazer uma polícia só minha – OK.

– Promulgar leis que facilitem compras de armas e munições pela minha turma – OK.

Continue Lendo

“NÃO ADIANTA PEDIR DESCULPAS DAQUI A 50 ANOS” por Eleonora de Lucena

Postado por Valentin Ferreira

“O antipetismo não pode servir de biombo para mergulhar o país nas trevas”. Entres outras,  esta uma das frases-alerta,  de forte conteúdo, escritas pela jornalista Eleonora de Lucena na Folha de hoje, para expressar a importância do momento em  que vivemos. Acima de tudo, um documento histórico!  Leia o artigo.

Não adianta pedir desculpas daqui a 50 anos

“Ninguém poderá dizer que não sabia. É ditadura, é tortura, é eliminação física de qualquer oposição, é entrega do país, é domínio estrangeiro, é reino do grande capital, é esmagamento do povo. É censura, é fim de direitos, é licença para sair matando.

As palavras são ditas de forma crua, sem tergiversação –com brutalidade, com boçalidade, com uma agressividade do tempo das cavernas. Não há um mísero traço de civilidade. É tacape, é esgoto, é fuzil.

Para o candidato-nojo, é preciso extinguir qualquer legado do iluminismo, da Revolução Francesa, da abolição da escravatura, da Constituição de 1988.”

Continue Lendo

GASPARI: QUEM TENTA EMPLACAR HUCK COMO CANDIDATO JÁ TENTOU ESSE GOLPE

Postado por Valentin FerreiraDivulgação

Do Brasil 247 –

Em sua coluna nesta quarta-feira, o jornalista Elio Gaspari mostrou as motivações por trás da tentativa de emplacar o apresentador Luciano Huck na Presidência do Brasil.

“Em 1989, era preciso botar um nome na rua e apareceu o do astro Silvio Santos.

Em 2017, da mesma cartola de que quase saiu o homem do Baú da Felicidade tenta-se tirar o astro de TV Luciano Huck. A ideia é simples: o povo está desencantado da política, não sabe votar, e pode ir atrás de uma celebridade da telinha. Que tal Henrique Meirelles na vice?

Continue Lendo

EM DEFESA DA GENI

Postado por Valentin Ferreira
geni

O jornalista – tantas vezes citado aqui, com admiração – Luís Costa Pinto cometeu ontem uma injustiça, ao escrever que  “mesmo que vença nominalmente no plenário e siga despachando no gabinete presidencial até 31 de dezembro de 2018, Michel Temer sabe que terminada a votação da 2ª denúncia do MP contra ele, encerra-se também a fase em que podia ter representado alguma expectativa de poder”.

– À velocidade da luz, Temer se verá convertido numa espécie de “Geni” nacional.

A análise é muito boa, merece ser lida no Poder360, onde Luís é colunista.

Continue Lendo