NÓS, PRÉ-HISTÓRICOS. Por Janio de Freitas

Postado por Valentin Ferreira  O  homem das casernas quer o seu contemporâneo de volta à autodefesa

O argumento de que a livre posse de armas de fogo, como diz Jair Bolsonaro, “é para garantir às pessoas o legítimo direito de defesa”, dá uma decoração enganosa ao seu teor pré-histórico: o governo militarizado entrega à população a tarefa de defender-se da criminalidade que a aflige. O homem das casernas quer o seu contemporâneo de volta à autodefesa que restava ao homem das cavernas.

De alguns milênios para cá, a defesa dos cidadãos é atribuição das forças do Estado para isso mantidas. E aos governos compete dirigi-las com inteligência e civilidade. Na falta dessas qualidades, o roteiro cênico que o governo militarizado propõe é empolgante. Segue-se um trailer.

Continue Lendo