O HORIZONTE DAS ESPERANÇAS

Postado por Valentin FerreiraFoto: “Amanhecer do Sol Pelo Oceano“, por Vladimir Kush (em estilo daliniano)

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda /Sustentabilidade e democracia.

Olho ao horizonte com uma certeza:

esta jornada será longa.

Não tenho medo. Tivesse medo já teria desistido

como muitos que preferiram parar ao largo do caminho.

Levo meus sonhos adiante com a certeza de que um dia chegarei ao final.

Posso andar sozinho.

Aliás, na maior parte das vezes.

Mas não temo a solidão, pois não perco a força que guia.

Caminho com um destino traçado.

Levo junto comigo a grandeza das almas guerreiras que vieram antes

e acalentaram as vozes outrora esquecidas.

Sou um pedaço de um universo em construção.

Meus passos parte de um movimento interminável,

que alimenta a esperança e o amor de viver em vida.

 

 

Continue Lendo