DEPOIS DE MILHARES DE MORTOS, SAÚDE RECONHECE INEFICÁCIA DO “KIT COVID”

Avaliação de especialistas à CPI da Covid é que entre os mais de 535 mil mortos, “parte são de vítimas que não adotaram as recomendações e acreditaram em uma cura falsa”

Da RBA

Ministério da Saúde admite em documento à CPI da Covid que medicamentos como cloroquina, azitromicina, ivermectina, entre outros, defendidos por Bolsonaro e governistas, não têm eficácia contra a doença do novo coronavírus.

Em documentos enviados à CPI da Covid no Senado, o Ministério da Saúde admitiu que os medicamentos do chamado “kit covid-19” são ineficazes contra a doença do novo coronavírus. A pedido do senador Humberto Costa (PT-PE), a pasta encaminhou à comissão duas notas técnicas que afirmam que as drogas “foram testadas e não mostraram benefícios clínicos na população de pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizadas”. 

Continue Lendo

APAGANDO LINKS

Governo Bolsonaro tinha publicado orientações para uso da cloroquina em pacientes com Covid-19 e depois excluiu as prescrições do site do Ministério da Saúde

Ministério da Saúde apaga links com prescrição de cloroquina para Covid19

O Ministério da Saúde apagou de seu site dois links com protocolos que recomendavam o uso de cloroquina e hidroxicloroquina como “tratamento precoce” para a Covid-19.

O ministério anunciou que será realizada nesta quinta-feira (13) uma reunião para definir as novas diretrizes de tratamento para a Covid na rede pública.

Um dos links com as orientações constava na versão antiga do site do ministério, que seguia no ar apesar da criação de uma nova página oficial no ano passado. Já o outro link estava disponível no site da UNA-SUS, a plataforma de capacitação de profissionais do Sistema Único de Saúde. Os dois links foram desabilitados pela pasta na noite de segunda-feira (10), informa a Folha de S.Paulo.

Continue Lendo

QUEM SÃO OS DEFENSORES DA CLOROQUINA E IVERMECTINA QUE FORAM VÍTIMAS DA COVID-19?

No dia 2 de outubro, cinco dias antes do primeiro turno, Luciano Hang publicou imagem
com funcionários da Havan e camiseta de Bolsonaro – Foto: Reprodução Twitter

Medicamentos não têm eficácia comprovada cientificamente contra o novo coronavírus

Do Brasil de Fato

Não há comprovação científica da eficácia do uso de cloroquina e hidroxicloroquina contra a covid-19, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e as instituições de saúde brasileiras. Ainda assim, há quem defenda o uso do medicamento, entre outros não comprovados, como ivermectina, para combater o vírus. Dessas, algumas morreram pela doença ou contraíram a covid-19 em sua forma grave. 

O caso mais recente é o do empresário Luciano Hang. Dono da rede de lojas Havan, Hang foi hospitalizado em decorrência da covid-19 em uma unidade da rede hospitalar Sancta Maggiore em São Paulo (SP) .

Continue Lendo

POR INFLUÊNCIA DE BOLSONARO, PREFEITURAS BRASILEIRAS DISTRIBUEM “KITS COVID”

Em Cáceres (MT), pacote com ivermectina foi entregue como profilaxia, ou seja, como prevenção à Covid-19. Os kits Covid com mensagens cristãs foram entregues para a população da cidade

Governos municipais oferecem ‘kits Covid’ com medicamentos ineficazes, prometendo, de forma ilusória, prevenir ou curar a doença que já matou mais de 150 mil brasileiros

Da Agencia Pública /Via DomTotal

No post do Facebook em que anunciava sua volta ao trabalho após se recuperar da Covid-19, o prefeito de Vilhena (RO), Eduardo Japonês, anunciou também um novo protocolo para tratar a doença na cidade. “Acreditamos ser importante começar a tomar o kit de cloroquina, ivermectina e azitromicina, cerca de cinco dias depois da apresentação dos primeiros sintomas, para curar ou evitar o agravamento da doença”, dizia o post, recebido com mais de 500 likes e uma centena de comentários positivos.

Continue Lendo