DOIS 7 a 1 É DEMAIS! PRIMEIRO COM A ALEMANHA, DEPOIS COM O GOLPE!

Por Valentin Ferreira

Provavelmente você pode ser um daqueles que não vestiu a camisa amarela da CBF para se manifestar pelo impeachment da Dilma.

E se vestiu e saiu às ruas foi iludido por propagada enganosa que povoou mentes e corações por fazer  acreditar que solapando Dilma do planalto tudo iria melhorar e os brasileiros pobres e classe média baixa voltariam a sorrir.

Pois é.

O tempo passou a Copa chegou e a maioria do povo, segundo o Datafolha 53%, não está nem aí com o evento na Rússia.  Mesmo com nossa seleção jogando um bom futebol, poucos ou quase ninguém se sente encorajado a colocar a  t-shirt  “amarelinha” e sair por aí.

Continue Lendo

A FUGA DOS MANIFESTOCHES

Postado por Valentin Ferreira

VERGONHA ALHEIA

A fuga dos manifestoches. Pequena amostra de como portugueses lá em Portugal estão enxergando a chegada dos manifestoches fugindo do Brasil.

Por Gerson  Carneiro / do Viomundo

“Quero meu país de volta!”

Essa foi uma das cantilenas preferidas dos manifestoches durante os seus atos.

Após prestarem serviço de massa de manobra para derrubar a presidenta Dilma e tirar o PT do governo federal, o que se vê, a cada dia, é o Brasil ser destruído pela alcateia posta na Presidência da República.

A mais recente perda de soberania é a entrega da Embraer para a americana Boeing, sandice que nunca presidente dos EUA cometeria.

Já entregamos o pré-sal a preço de banana. Estamos sem direitos trabalhistas, sem emprego, sem esperança…

Ou seja, com o velho Brasil de volta ao passado como desejado.

Agora, pasmem!

Está havendo fuga em massa de manifestoches principalmente para Portugal, país governado por base esquerdista e socialista.

O ícone dessa fuga — acreditem! — é  nada menos que Luana Piovani, conhecida por seu empenho antipetista.

Ajudaram a destruir o Brasil e agora fogem.

Através do perfil no facebook de um amigo que mora em Lisboa deu para ter uma pequena … Continue Lendo

“DESPERTEI DE UM SONO PROFUNDO”: A CONFISSÃO DE UM EX-MANIFESTOCHE

Postado por Valentin Ferreira

                                                                                                       Bruno Gabriel Prates

Do Diario do centro do mundo / Por Bruno Gabriel Prates, advogado

A manipulação é sutil e nos dá um sentimento de engajamento, de luta, de abdicação por uma causa que não sabemos muito bem qual é. Escrevo desta forma, porque é assim que imagino que muitos outros brasileiros se sintam.

Não tenho por objetivo fazer uma análise legal de pontos técnicos que culminaram no impeachment, pois, mesmo sendo advogado, tal reflexão não me apetece e já foi feita por muitos outros entendidos e em muitos outros momentos. Aliás, opiniões não faltam, existe praticamente uma barraca de feira com ofertas de análises políticas, a torto e a direito, com posicionamentos que agradam às mais variadas vertentes.

Me proponho a refletir sobre o que é a manipulação, no sentido etimológico da questão e o quanto isso me despertou de um sono profundo. A manipulação na interpretação mais aberta da palavra se constitui em um ato, onde determinado indivíduo trata uma pessoa como se fosse um objeto, a fim de dominá-lo com facilidade.

Continue Lendo