A MORTE DO SONHO AMERICANO – NOS ESTADOS UNIDOS

Por Valentin Ferreira / Via Carta Maior.

 Moore voltou à polêmica com ‘O Invasor Americano’, atual neste momento de caos institucional no Brasil e de brutais investidas contra direitos adquiridos

Léa Maria Aarão Reis*

Deselegante, grosseiro e autor de um cinema panfletário são as críticas mais contundentes ao documentarista americano Michael Moore. Bravamente e apesar dos pejorativos fúteis que tentam fazê-lo parar e desistir da sua obra crítica, ele já investiu contra o capitalismo financeiro selvagem praticado nos Estados Unidos, contra o injusto sistema de saúde do seu país e contra a violência cada vez mais naturalizada que se alastra pelas cidades americanas – além de todas as questões sociais não resolvidas  pelos sucessivos governos há quase um século.

Continue Lendo