GLOBO: OS APRENDIZES DE FEITICEIRO QUE COLOCARAM O MONSTRO NAS RUAS

Imagem: Jornal GGN

Por Luis Nassif

No início foi o gozo, o exercício do jornalismo sem limites, a exposição do poder extraordinário de colocar multidões nas ruas fantasiadas de verde e amarelo. Convocam-se multidões por todo o país, usavam-se politicamente as estatísticas manipuladas pela Polícia Militar, que tratava seletivamente números e a distribuição de pancadas pelos manifestantes: à esquerda, pau; à direitam abraços.

Não se tratava de uma mídia a reboque, como foi a americana no macarthismo. Era uma mídia comandando as multidões, varrendo para baixo dos tapetes verde-amarelos da Paulista sua incapacidade de enfrentar os novos tempos e encarar a invasão estrangeira, não a de bolivarianos, castristas e o escambau, mas a dos novos veículos que surgiam nos rastros das redes sociais.

Continue Lendo

“SOMOS CADA VEZ MENOS FELIZES E PRODUTIVOS PORQUE ESTAMOS VICIADOS NA TECNOLOGIA”

Desde os anos 90, quando descobriu a cena dos hackers em Madri, a jornalista espanhola
Marta Peirano estuda a tecnologia de forma crítica – (imgem:Álvaro Minguito)

Por Diana Massis /BBC News

“Há um usuário novo, uma notícia nova, um novo recurso. Alguém fez algo, publicou algo, enviou uma foto de algo, rotulou algo. Você tem cinco mensagens, vinte curtidas, doze comentários, oito retweets. (…) As pessoas que você segue seguem esta conta, estão falando sobre este tópico, lendo este livro, assistindo a este vídeo, usando este boné, comendo esta tigela de iogurte com mirtilos, bebendo este drinque, cantando esta música.”

O cotidiano digital descrito pela jornalista espanhola Marta Peirano, autora do livro El enemigo conoce el sistema (O inimigo conhece o sistema, em tradução livre), esconde na verdade algo nada trivial: um sequestro rotineiro de nossos cérebros, energia, horas de sono e até da possibilidade de amar no que ela chama de “economia da atenção”, movida por tecnologias como o celular.

Continue Lendo

OS PODEROSOS E OS MANIPULADOS

Por Blog do Valentin

Por Valentin Ferreira

Manipular os fatos para confundir os incautos.

Assim funciona a estratégia dos poderosos em parceria com certos meio de comunicação.

Sempre que surge alguém que contraria seus interesses, a turba deve ser manipulada.

Foi assim contra Ghandi, Luther King, Mandela e tantos outros.

Assim também foi com Lula.

A “verdade” fabricada sempre prevalece sobre a realidade dos fatos.

O caso mais gritante de manipulação fez vítima um certo Nazareno. Até hoje ecoa pelos quatro cantos, o grito dos poderosos e dominadores pelas vozes dos manipulados: crucifica-O! crucifica-O!

Continue Lendo

CONSUMISMO COMO BUSCA PELA FELICIDADE E SUA PROBLEMÁTICA

Postado por Blog do Valentin

A prática consumista não responde ao anseio de felicidade humana e ainda impacta negativamente na vida da Terra.

Por Robert Henrique Sousa Dantas*/ Dom Total

Vivemos numa sociedade em que somos cada vez mais estimulados ao consumo e, por conseguinte, a uma exagerada produção de lixo.

Com a expansão da sociedade de consumo, amplamente influenciada pelo estilo de vida norte-americano e pelas mídias, o consumo se transformou em uma compulsão e um vício, estimulados pelas forças do mercado, da moda e da propaganda. Assim, a sociedade de consumo produz carências e desejos incessantes. Os indivíduos passam a ser reconhecidos, avaliados e julgados por aquilo que consomem, que vestem ou calçam, pelo carro e pelo telefone celular que exibem em público.

Continue Lendo