CASO FAB: BOLSONARO TRATA REPÚBLICA COMO PLAYGROUND E INSPIRA SUBORDINADOS

Ex-secretário-executivo da Casa Civil, Vicente Santini e presidente Jair Bolsonaro -Imagem P.República

Por Leonardo Sakamoto

O governo Bolsonaro aloca um amigo de infância dos filhos do presidente, Vicente Santini, no segundo cargo mais importante da Casa Civil. O sujeito usa um avião da FAB para ir da Suíça à Índia, torrando dinheiro público. Bolsonaro dá piti e manda exonerar. Os filhos pedem pro papai repensar e ele é colocado em um cantinho, com o mesmo salário. Nova denúncia e o presidente demite de novo.

A culpa de toda a confusão para os seguidores do homem? Da imprensa golpista que se mete onde não é chamada. Talvez sobre para o ministro-chefe da pasta, Onyx Lorenzoni. Afinal, Bolsonaro & Filhos são inimputáveis. Mesmo quando transformam a República em um puxadinho do condomínio Vivendas da Barra, a culpa é sempre dos outros.

Continue Lendo

COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA

Postado por Blog do Valentin

Quem traz a bomba(!) é a colunista Monica Bergamo na “Folha de S. Paulo”:

    “Há entre autoridades a convicção de que algo grave, e que ainda não é público, ocorre e já é do conhecimento dos Bolsonaros, tamanha é a inquietação entre eles. Os ataques são feitos em público e também em conversas privadas com autoridades. Bolsonaro insiste na tese de que Witzel usa a máquina investigativa do Rio para tentar envolver sua família em escândalos”. 
    Amigo(a) navegante dos mares turbulentos da internet: Aguardemos! Aguardemos!
Continue Lendo

VAI SOBRAR PARA QUEM?

Postado por Blog do Valentin

Fernando Brito

Sobrou para o porteiro

Então tem-se que o Procurador Geral da República diz que todo o caso da”Casa 58″ já era do conhecimento da PGR, que em nada o sr. Jair Bolsonaro está envolvido e que, atendendo ao pedido de Sergio Moro e quem vai ser investigado agora é o porteiro do “Condomínio das Milícias” de onde saiu o “bonde” para matar Marielle.

O pobre funcionário, a esta hora, já esta na antessala de uma desgraça.

O mínimo que lhe vai acontecer perder o emprego. Não tem a menor condição de resistir às pressões por ter dito aquilo que, a ele, não traz nenhuma vantagem.

Continue Lendo