“MINHA CASA, MINHA VIDA” MORREU. VEJA A CERTIDÃO

Por Valentin Ferreira / do Tijolaço: Fernando Brito

mcmv1

Ontem, ao falar do novo corte do orçamento do Programa de Aceleração do Crescimento – que foi virtualmente destruído – mencionei, sem dar maiores detalhes, que ele incluia o “Minha Casa, Minha Vida”.

Hoje, o professor Fernando Nogueira da Costa, da Unicamp, me socorre, em seu blog,com dados reunidos pelo Valor (reportagem de Edna Simão, dia 10) que demonstra que o  programa habitacional também foi destroçado, com ênfase especial no aniquilamento da faixa 1, a voltada aos mais carentes. Não apenas em recursos mas pelo direcionamento para faixas onde o subsídio é menor ou inexistente do financiamento ainda existente:

Continue Lendo