VAI-E-VEM MINISTERIAL: A MÁQUINA DE TRAPALHADAS DE BOLSONARO

Por Fernando Brito

Folha noticia a inacreditável história de que o General [Luiz Carlos] Ramos resiste a entregar Casa Civil a líder do centrão às vésperas de reforma ministerial de Bolsonaro.

No Metrópoles, Igor Gadelha diz que Bolsonaro vai tentar fazer com que Ciro Nogueira aceite a Secretaria de Governo, em lugar da Casa Civil.

Possibilidade de que isso aconteça: algo perto de um milésimo, ainda assim porque o perfil dos parlamentares brasileiros está, faz tempo, mais abaixo de zero que os termômetros neste inverno.

Continue Lendo

SALLES: SALE

Por Duke

Mensagens mostram assessor especial de Salles atuando em favor de propriedade rural em MT

Da Folha/ Vinicius Sassine

A PF identificou trocas de mensagens de WhatsApp em que um assessor especial do ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) intervém no setor de autos de infração do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em favor de um empreendimento agropecuário em Mato Grosso.

O assessor buscou garantir, no Ibama, o desembargo de uma área de propriedade rural, como mostram as mensagens reproduzidas pela PF. Isso extrapolou suas funções no Ministério do Meio Ambiente, segundo a polícia.

Continue Lendo

VACINA? SÓ SE FOR ESCONDIDINHO

Por Gabriela Prioli

A abertura da CPI nos mostrou uma coisa: Bolsonaro, quando quer, sabe se organizar, desde que seja para defender seus próprios interesses. Em poucos dias, a Casa Civil produziu uma lista de acusações mais completa e detalhada do que a própria comissão. Ele sabe o que ele fez.

Não se organizou antes porque o motivo não lhe parecia bom o suficiente. Trabalhar para salvar a própria pele, vá lá, mas se o risco que se apresenta for a morte de centenas de milhares de brasileiros, o esforço não vale a pena ou não interessa.

Continue Lendo

“A PREOCUPAÇÃO MAIOR DE JAIR, É LIVRAR FILHOS DA CADEIA”

Carlos, Eduardo e Fabio: filhos do presidente (Imagem: Catraca Livre)

Na guerra da vacina e do general Maria Fofoca, bomba econômica está armada

Por Vinicius Toreres Freire /Folha

A diversão está garantida nessas próximas semanas em que o pavio da bomba econômica continuará queimando, sem que o país em geral se importe muito. A diversão maior, no sentido de desvio de atenção, virá da guerra da vacina que ainda nem existe, das decisões que o Supremo deve tomar sobre a obrigação de tomá-la e da aprovação da “vacina chinesa paulista” pela Anvisa e pelo governo.

Enquanto isso, o centrão e alas do governo se ocupam de disputar cadeiras ministeriais. Jair Bolsonaro trata de sua preocupação maior, livrar filhos da cadeia. Parlamentares articulam a eleição dos novos comandos do Congresso.

Até fins de novembro, as eleições nos EUA e nas cidades brasileiras vão dizer qual o valor de mercado eleitoral de extremistas e lunáticos em geral.

Continue Lendo