JANOT: DELAÇÕES SÃO “ESPONTÂNEAS”. E CACHORRO MIA, NÃO É, DOUTOR?

Por: Fernando Brito / Blog Tijolaço

Mônica Moura delata

Em palestra a estudantes de Direito – que são aqueles rapazes e moças que vão aprender daqui a algum tempo que, agora, a lei é a vontade do Ministério Público e dos juízes – o procurador geral da República, Rodrigo Janot disse que as delações premiadas são “espontâneas”.

“Não se prende para forçar colaboração, mesmo porque a lei diz que a colaboração tem que ser espontânea. Não somos nós, órgãos de controle, que chamamos o réu. A iniciativa tem que partir dele, que contrata um advogado e nos procura”.

Continue Lendo