O MUNDO SEM TRUMP

Imagem: Reprodução Google

Por Cristina Serra

Nunca uma eleição foi tão crucial para os Estados Unidos, o mundo e o Brasil. A derrota de Trump é a única opção para os que se preocupam com a democracia e o bem-estar da civilização. Sua política criminosa de separar crianças de seus pais imigrantes já seria motivo suficiente para desejar não só seu malogro como sua prisão por crime de lesa-humanidade.

Mas ele vai além, ao corroer a democracia aos poucos e por dentro, como cupim. Trump desacredita eleições, regras e instituições. Mente e agride. Estimula grupos racistas e milícias, investe na violência e no caos, semeia ódio. Esticou a corda a tal ponto que aventa-se a possibilidade de conflitos armados nas ruas, caso não seja o vencedor. Quem diria, os EUA com vapores de república bananeira.

Continue Lendo