O NEGACIONISMO É UMA DOENÇA QUE CHEGOU À POLÍTICA. Por Fernando Brito

O “evento patriótico” de Donald Trump, ao sopé das estátuas de Washington, Jefferson, Ted Roosevelt e Lincoln foi farto de clichês aos quais também nos acostumamos por aqui.

Diz o The New York Times, Trump está fazendo um “esforço para ganhar um segundo mandato como uma batalha contra um “novo fascismo de extrema esquerda” procurando acabar com os valores e a história da nação.”

“Nossa nação está testemunhando uma campanha impiedosa para acabar com a nossa história, difamar nossos heróis, apagar nossos valores e doutrinar nossos filhos”, disse Trump, dirigindo-se a uma multidão lotada de simpatizantes, poucos dos quais usavam máscaras. “Multidões raivosas estão tentando demolir estátuas de nossos fundadores, desfigurando nossos memoriais mais sagrados e desencadeando uma onda de crimes violentos em nossas cidades”.

Continue Lendo