DALLAGNOLL, O “PILANTROPO”

Postado por Blog do Valentin

Por Valentin Ferreira

Antes ele, o Procurador Dallagnoll, dizia que parte do valor de suas palestras destinava-se  às entidades filantrópicas. Agora, com novas revelações do Intercpet/Folha, diz ter feito uma “reserva” de R$ 184 mil,  – caixa 2? – para supostas “futuras ações contra a corrupção”.

Pegando carona com Fernando Brito em seu Tijolaço, reproduzo abaixo, “Dallagnoll e a máscara da filantropia”

Só nos contratos que aparecem em mensagens do Telegram – reveladas pelo The Intercept e publicadas pela Folha – Deltan Dallagnoll, coordenador da Lava Jato, faturou R$ 580 mil não destinados, como ele sempre alegou, a entidades filantrópicas. Certamente há outros, que não foram transmitidos em mensagens ou, talvez, sequer registrados em recibos.

Continue Lendo

UNIMED FINANCIOU DELTAN DALLAGNOL, QUE NÃO INCOMODOU CONVÊNIOS

Postado por Blog do Valentin

Planos de saúde foram alvo de delatores e temiam devassa pela Lava Jato, mas foram poupados.

Da Carta Capital

Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, será uma das atrações de um evento sobre empreendedorismo no Paraná em 30 de outubro. Dará uma palestra, atividade pela qual cobra dinheiro, intitulada “A Ética nos negócios em um mundo sob pressão”. O que dirá sobre ética em um evento no centro de eventos Expo Unimed?

Dallagnol é palestrante costumeiro da Unimed. A força-tarefa chefiada por ele esbarrou em fatos sobre convênios, mas nunca atacou-os como fez com as empreiteiras. Haveria relação entre a mansidão da força-tarefa com o setor e as palestras do chefe da equipe?

Considerando-se a visão acadêmica e filosófica de Dallagnol de que indícios circunstanciais valem como prova, surge outra dúvida: ele e a Unimed estabeleceram uma parceria baseada em dinheiro e interesses comuns assim como as empreiteiras fizeram com políticos caçados pela Lava Jato?

Continue Lendo

PRESIDENCIÁVEIS E EX-PRESIDENTES FATURAM ALTO COM PALESTRAS

Postado por Valentin Ferreira / do Poder 360O ex-presidente Lula em palestra sobre economia internacional, em Portugal, 2011

Lula tem o cachê mais alto; valor chega a U$200 mil

OBAMA

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama veio ao Brasil para dar uma palestra paga na 5ª feira (05.out.2017), promovida pelo jornal Valor Econômico e pelo banco Santander. Mas o ex-presidente americano não é o único político que faz sucesso contando suas histórias e experiências ao público. Ex-governantes brasileiros e pré-candidatos ao Planalto também faturam alto falando a platéias diversas.

LULA

Segundo 1 relatório da LILS Palestras, empresa criada por Lula para gerir sua participação nesses eventos, o político recebe US$ 200 mil por palestra. A cifra é semelhante às cobradas por outros ex-presidentes de projeção internacional.

Continue Lendo