FAMÍLIAS DE VÍTIMAS DA COVID-19 RECORREM À PGR PARA RESPONSABILIZAR BOLSONARO POR CONDUTA NA PANDEMIA

Paola Falceta ao lado dos pais em fotografia de 2017: a morte da mãe fez com que ela
criasse associação junto com amigo
– Foto : Arquivo Pessoal

Por BBC BRASIL

No fim do ano passado, o advogado Gustavo Bernardes, de 46 anos, enfrentou duras complicações da covid-19. Ele ficou intubado por dias e os médicos chegaram a duvidar se o paciente sobreviveria.

“Me despedi da minha família por ligação de vídeo, antes de ser intubado. Um médico chegou a dizer para a minha irmã que achava que eu não resistiria”, diz Bernardes à BBC News Brasil.

Continue Lendo

TOPA TUDO PELA TOGA

Por Bernardo Mello Franco / O Globo

Na disputa por uma cadeira no Supremo, vale  tudo para agradar Boslonaro. Até ignorar a ciência e defender a reabertura de templos no pior momento da pandemia.

Na noite de quarta-feira, o procurador-geral da República pediu a derrubada do decreto paulista que suspendeu temporariamente os cultos presenciais. A medida fez parte de um pacote emergencial para tentar frear o avanço da Covid.


Sem argumentos racionais à mão, Augusto Aras apelou a um misto de negacionismo com misticismo. Ele disse estar preocupado com a “saúde mental e espiritual da população brasileira, que precisa de assistência religiosa para o enfrentamento de momento tão grave da epidemia”.

Continue Lendo

“CABO MENDONÇA E SOLDADO ARAS”

André Mendonça, Ministro da Justiça e Augusto Aras, Procurador Geral da República
Ministro da Justiça produziu dossiê contra ‘antifascistas’ e procurador-geral da República faz guerra contra Lava Jato

Por Celso Rocha de BarrosMendonça e Aras são cabo e soldado de Bolsonaro em novo ataque à democracia

O ministro da Justiça, André Mendonça, e o procurador-geral da República, Augusto Aras, são o cabo e o soldado de pés chatos que Bolsonaro usa em seu novo ataque à democracia brasileira.

Mendonça, que virou ministro da Justiça quando Moro deixou o cargo, vem se destacando na perseguição contra adversários do governo.

Produziu um dossiê contra “antifascistas” que incluía dois acadêmicos respeitados, Paulo Sérgio Pinheiro e Luiz Eduardo Soares, bem como policiais de esquerda, que poderiam vir a ser um obstáculo ao aparelhamento das polícias.

Continue Lendo

VAI SOBRAR PARA QUEM?

Postado por Blog do Valentin

Fernando Brito

Sobrou para o porteiro

Então tem-se que o Procurador Geral da República diz que todo o caso da”Casa 58″ já era do conhecimento da PGR, que em nada o sr. Jair Bolsonaro está envolvido e que, atendendo ao pedido de Sergio Moro e quem vai ser investigado agora é o porteiro do “Condomínio das Milícias” de onde saiu o “bonde” para matar Marielle.

O pobre funcionário, a esta hora, já esta na antessala de uma desgraça.

O mínimo que lhe vai acontecer perder o emprego. Não tem a menor condição de resistir às pressões por ter dito aquilo que, a ele, não traz nenhuma vantagem.

Continue Lendo