É HORA DE FALAR SOBRE A POLÍCIA QUE QUEREMOS

Debate sobre Segurança Pública foi capturado pela ultradireita — e sociedade quase nunca vai além das denúncias. Na onda de protestos antirrascistas, oportunidade para a Reforma Policial democrática — com olhar comunitário e desmilitarizado

Por Almir Felitte / Outras Palavras

O debate sobre segurança pública no Brasil é, talvez, uma das discussões políticas mais recheadas de “terraplanismos”. Direcionado por chavões como “bandido bom é bandido morto” e “direitos humanos para humanos direitos”, o país segue apostando na violência policial e no punitivismo como forma de reduzir a criminalidade e aumentar a segurança, mesmo que o efeito dessa política tenha sido o contrário há décadas.

Continue Lendo

RADICALIZAÇÃO DA POLÍCIA, PRECEDE A DA POLÍTICA

Por Fernando Brito

Há mais coisas entre a Barra da Tijuca e o planalto brasiliense do que supõe a nossa vã filosofia.

Maria Cristina Fernandes, hoje, no Valor, ao analisar os desdobramentos das ações policiais na política (leia o artigo completo aqui), dá uma informação relevantíssima para quem quiser entender caldeirão de pressões, segredos e chantagens em que estamos mergulhados:

A linha dura na segurança pública coloca Doria em concorrência direta com Witzel pela raia bolsonarista. Além de exibir uma letalidade policial que é o dobro da de São Paulo, o governador do Rio tem armas inexistentes no arsenal paulista”.

Continue Lendo

UM POLICIAL PODE PRENDER VOCÊ SEM PROVAS. E A JUSTIÇA VAI ACREDITAR NELE.

Postado por Blog do Valentin

O músico e estudante de fotografia Johnny Jamaica é usuário de maconha assumido e orgulhoso: para ele, o consumo da erva é uma atitude política e estética, parte da sua visão de mundo. Era comum carregar porções da substância para uso próprio. Em 17 de fevereiro de 2016, uma abordagem transformou o jovem negro, então com 24 anos, em um traficante. Ao ser pego com 15 gramas da droga, ele afirma que policiais militares de São Paulo “plantaram” com ele mais 100 gramas e uma balança. Foi o suficiente para a Polícia Civil aceitar a ocorrência, o Ministério Público transformá-la em denúncia e a Justiça o considerar culpado por tráfico de drogas. As únicas provas: o testemunho dos PMs e a porção de maconha.

Continue Lendo

POLÍCIA É POLÍTICA E A POLÍTICA VIROU CASO POLICIAL

Postado por Valentin Ferreira

fornazari

Por Fernando Brito / do Tijolaço

O Estadão dá  chamada de capa para um delegado da Polícia Federal que diz ser nas redes sociais ser  “hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc).”

É verdade que o tal Milton Fornazari Júnior diz, também, que se não o fizerem, a prisão do ex-presidente”poderá entrar para a História como uma perseguição política”.

O Doutor Fornazari é um exemplo da deformação que vive esta país.

Não apenas porque “Temer, Alckmin e Aécio”, como diz ele são investigados em inquéritos-tartaruga, enquanto o caso de Lula foi conduzido com velocidade inédita (e métodos absurdos), como também porque é algo inadmissível que um delegado de polícia deite falação sobre quem deve ser “investigado, processado e preso” na República.

Continue Lendo