“NUNCA MATE UMA ABELHA”

Postado por Blog do Valentin

Pouca gente sabe, mas economistas adoram abelhas – ou pelo menos a ideia em torno delas. Não por acaso, o inseto ilustra o logotipo da Royal Economic Society, associação britânica que reúne profissionais do setor.

Fábula das Abelhas, publicado por Bernard Mandeville no começo do século 18, usa o bichinho como metáfora para o funcionamento da economia – e antecipa conceitos modernos como a divisão do trabalho e a “mão invisível” do mercado.

Mais de 200 anos depois, quando um futuro ganhador do prêmio Nobel de Economia, James Meade, procurava um exemplo paupável para ilustrar um conceito complexo da teoria econômica, ele se voltou às abelhas em busca de inspiração.

Continue Lendo

500 MILHÕES DE ABELHAS MORTAS EM TRÊS MESES. AGRICULTURA BRASILEIRA PODE ENTRAR EM COLAPSO

Postado por Blog do Valentin

Nos últimos três meses, mais de 500 milhões de abelhas foram encontradas mortas por apicultores apenas em quatro estados brasileiros, revela reportagem de Pedro Guigori para a Agência Pública e Repórter Brasil. Foram 400 milhões no Rio Grande do Sul, 7 milhões em São Paulo, 50 milhões em Santa Catarina e 45 milhões em Mato Grosso do Sul, segundo estimativas de Associações de apicultura, secretarias de Agricultura e pesquisas realizadas por universidades.

O principal causador, afirmam especialistas e pesquisas laboratoriais analisadas pela reportagem, é o contato com agrotóxicos à base de neonicotinoides e de Fipronil, produto proibido na Europa há mais de uma década. Esses ingredientes ativos são inseticidas, fatais para insetos, como é o caso da abelha, e quando aplicados por pulverização aérea se espalham pelo ambiente, relata o texto.

Continue Lendo