LEILÃO DO PRÉ-SAL: UM “CARIMBAÇO”

Postado por Blog do Valentin

O governo esperava arrecadar 106,5 bilhões de reais com o leilão das áreas localizadas em águas profundas (“pré-sal”), situadas na Bacia de Santos. A venda foi ignorada pela maioria dos grandes grupos de petróleo mundiais. A Petrobras participou praticamente sozinha. Apenas dois dos quatro campos foram arrematados (Búzios e Itapu). As áreas de Sépia e Atapu ficaram sem interessados.

A falta de concorrência trouxe outra decepção para o governo de Jair Bolsonaro, que esperava recuperar as finanças públicas com a licitação. O percentual que as petrolíferas se comprometem a pagar ao Estado se mantiveram no lance mínimo estabelecido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). (Texto: Carta Capital)

 

Continue Lendo

A FESTA DOS OTÁRIOS

Postado por Blog do Valentin

Por Fernando Brito

Amanhã haverá festa nos mercados financeiros.

O governo Bolsonaro vai comemorar os bilhões obtidos no leilão dos campos de petróleo conhecidos como “áreas excedentes da cessão onerosa”, que é como são chamados os maiores campos de petróleo já descobertos no pré-sal brasileiro.

Mas o que se festejará é, para nós, brasileiros, é, de novo, o papel de “otários” na festa do petróleo.

Guilherme Estrella, o geólogo que descobriu o pré-sal, e Ildo Sauer, professor da USP que dirigiu a área de gás e energia da Petrobras, nos primeiros anos do Governo Lula, hoje, no Valor Econômico, estimam em US$ 300 bilhões – ou R$ 1,2 trilhão – durante os 30 anos estimados de vida produtiva dos poços desta região.

Continue Lendo

ALGUÉM TINHA DÚVIDAS SOBRE O TRIO LAVA-JATO/GOLPE 2016/PRÉ-SAL? BARRIL LEILOADO A R$ 0,34.

Postado por Blog do Valentin

Da .FUP

Após cinco leilões, multinacionais já são donas de 75% das reservas do Pré-Sal

Como já era previsto, as petrolíferas estrangeiras fizeram a festa durante a 5ª Rodada de Licitação do Pré-Sal, onde arremataram mais de 90% dos 17,39 bilhões de barris de petróleo que foram leiloados. Fazendo a equivalência entre os R$ 6,82 bilhões que o governo arrecadou em bônus de assinatura e o valor atual do barril de petróleo, chegaremos a bagatela de R$ 0,34 o preço médio pago por cada barril do Pré-Sal leiloado.

Para protestar contra mais esse crime de lesa pátria, a FUP e seus sindicatos realizaram manifestações em frente às sedes da Agência Nacional do Petróleo (ANP), no Rio de Janeiro, e da Petrobrás, na Avenida Paulista (SP), além de atos e mobilizações nas bases da petrolífera brasileira. Na terça-feira (25), a FUP tambémingressou com uma Ação Civil Pública, cobrando a suspensão da 5ª Rodada.

Continue Lendo

LULA: O BRASIL SE TORNOU REFÉM DOS EUA EM RAZÃO DO PRÉ-SAL

Postado por Blog do Valentin

Do Óperamundi

“Na minha opinião, o Brasil é refém. O Ministério Público brasileiro, através do Janot , através do Moro e através da Lava Jato, o Ministério Público brasileiro se submeteu ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América do Norte. Embutido por trás disso, está o interesse no pré-sal”, disse o ex-presidente Lula ao Opera Mundi, numa entrevista em que abordou todos os aspectos da sua política externa e também o fator geopolítico por trás da Lava Jato

Nos links : youtu.be / /haroldo-ceravolo-sereza, a entrevista completa com o ex-presidente Lula

Continue Lendo

BOLSONARO SURFA EM HERANÇA DE TEMER E VAI LEILOAR AEROPORTOS, FERROVIAS, PORTOS

Postado por blog do valentin

Do El País

O governo Jair Bolsonaro estipulou 35 metas a serem alcançadas já nos primeiros 100 dias de governo. Enquanto a esperada – e complicada – reforma da previdência ficou de fora desse pacote, o que entrou e poderá permitir à nova administração mostrar resultados rápidos na área econômica são dezenas de projetos de infraestrutura herdados do governo de Michel Temer.

O Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) – anunciado em setembro de 2016 com uma carteira de obras e estatais a serem concedidas ou vendidas ao capital privado – apresentou os atrasos habituais que o brasileiro está acostumado a ver na administração pública e saiu parcialmente do papel no governo anterior.

Dos 193 projetos apresentados ao longo do programa, 124 foram concluídos (64% do total). Os leilões renderam R$ 46,4 bilhões em outorgas (valores pagos à União pelo contrato) e os investimentos previstos ao longo das concessões, que podem chegar a 30 anos, somam R$ 253,3 bilhões.

Continue lendo AQUI

Continue Lendo