A PUBLICIDADE INFANTIL E A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA AS CRIANÇAS

Postado por Valentin Ferreira
Dia das Crianças: brinquedos, presentes e…formação de novos consumidores?

Por Victor Barboza.

A próxima data de grande importância para o comércio está se aproximando, e, desta vez, o público alvo são as crianças! Sim, estamos falando do dia 12 de Outubro, data em que se comemora o Dia das Crianças. A data tem grande importância não só pelas vendas, mas também por inserir novos consumidores no mercado. É assim que boa parte das marcas e lojas acabam montando suas estratégias. Se está certo ou errado não cabe a nós julgar, mas sim, nos planejarmos para termos um bom planejamento para as compras, de forma a não ser mais uma “oportunidade” de prejudicar as nossas finanças.

Continue Lendo

JUSTIÇA SUSPENDE “SHOWS DO RONALD McDONALD” EM CRECHES E ESCOLAS DE SP

Postado por Valentin Ferreira

Do Justificando/carta capital

Criança e Consumo, programa do Instituto Alana, identificou em 2013 que o McDonald’s realizava ações mercadológicas dirigidas às crianças dentro de instituições de ensino

A justiça determinou a suspensão do “Show do Ronald McDonald”, realizado pela empresa de fast food em creches e escolas do Estado de São Paulo. Comandadas pelo palhaço ícone da marca, as apresentações traziam diversas atividades de entretenimento – como jogos e mágicas – supostamente educativas para crianças.

A decisão se dá no âmbito de Ação Civil Pública proposta pelo Núcleo Especializado de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública de São Paulo, para quem as apresentações caracterizam publicidade dirigida à criança. Em 21 de março, o juiz Fábio Calheiros do Nascimento, da 2ª Vara Criminal e da Infância do Foro de Barueri, acolheu liminarmente o pedido para suspender os shows até o fim do processo, sob pena de multa de R$ 100 mil por evento. A decisão foi celebrada pelo Criança e Consumo, que denunciou o caso em 2013.

Continue Lendo

PUBLICIDADE INFANTIL: “MERCADO PROCURA FORMAR CRIANÇAS COMO CONSUMIDORES ETERNAMENTE DESEJANTES E INSATISFEITOS”

Por: Valentin Ferreira / via Sul21

Por Isabella Henriques / Jornal Sul 21

A publicidade infantil promove o materialismo e desenvolve uma sociedade marcada por padrões de consumo tão fortes que chagam a se tornar violência. É o que defende a diretora de advocacy do Alana, Isabella Henriques. Em entrevista ao Sul21, ela fala sobre o combate a essas estratégias do mercado voltadas para os menores de 12 anos.

Continue Lendo