REFORMA DA PREVIDÊNCIA VAI PREJUDICAR MAIS POBRES, MULHERES E NEGROS, DIZ ESTUDO

Por Joana Mostafa e Paulo Theodoro / Via Brasil 247

ANTONIO CRUZ/ABR

Uma análise feita por consultores legislativos do Senado aponta que alguns aspectos da reforma previdenciária apresentada pelo governo Temer terão impacto negativo no País, sobretudo na vida dos trabalhadores em situação precarizada, que possuem menor nível de escolaridade e de menores rendimentos, mulheres e negros.

As críticas estão no relatório “(Des)proteção social: impactos da reforma da Previdência no contexto urbano”, de autoria dos consultores Joana Mostafa e Mário Theodoro. Confira aqui a íntegra do documento.

Continue Lendo