REVOLTA POPULAR DERRUBA MINISTRO DA SAÚDE. NO PARAGUAI

Por Moises Mendes

Aconteceu o que a direita no poder não esperava. O povo foi às ruas contra o desprezo do governo no combate à pandemia e derrubou o ministro da Saúde.

O país está de novo em fúria. O próximo passo dos manifestantes é derrubar o presidente.

No Paraguai. 

Milhares de jovens tomaram as ruas de Assunção ontem à noite e continuam em vigília.

É assim. As coisas acontecem no Chile, em Mianmar, na Bielorrússia, em Hong Kong, no Paraguai.

E aqui? Aqui os governadores uma hora vão resolver tudo e comprar as vacinas. Todos os dias eles ameaçam comprar as vacinas.

Agora, até Bolsonaro diz que vai comprar vacinas, depois de ter comprado o centrão.

Mas o único Bolsonaro que compra alguma coisa hoje é Flávio.

Continue Lendo

NÃO MENOSPREZE A IRA DO POVO

Postado por Valentin Ferreira / por Vladimir Safatle/Via Conversa Afiada
Dolar.jpg

Para atender a pedidos de amigos navegantes, o Conversa Afiada reproduz da Fel-lha magnífico artigo de Vladimir Safatle de 1o. de setembro:

Manifestações como as de 2013 provavelmente se repetirão

Um dos traços mais evidentes do pensamento oligárquico está em sua forma de descrever o povo e as massas. São normalmente representações de uma espécie de sonâmbulo que age de forma irrefletida e nunca escapa por completo de um estado de sonolência. Daí as injunções sobre o estado de anestesia do povo, de sua apatia e indiferença. No Brasil, tal pensamento está tão enraizado que o país costuma se ver a si mesmo como um gigante dormindo.

Continue Lendo