RICOS, BREGAS E SEM EDUCAÇÃO

Ki-Suco ferveu na madrugada de sábado em um bairro nobre de São Paulo: Baixou polícia numa festa clandestina de riquinhos. E a balada foi num local onde, durante a semana, é escritório de advocacia, e nos fins de semana vira pista de dança.    Com a chegada dos policiais, uma mulher se exaltou e mandou os representantes da lei “tomar no c…” e ainda disse, várias vezes, pra Força Tarefa: “Vai pra Favela”.     A turma não foi. E acabou com o festerê que tinha ingressos a R$ 1.600 para homens e R$ 1.000 para mulheres. O embalo dos endinheirados era animado por… uma dupla sertaneja. Cerca de 500 pessoas estavam no local. Muitas sem máscara.    Pessoas que têm muito dinheiro, mas nada de educação. Nada de empatia. Nada de bom gosto.    Se bem que… gosto não se discute. Se lamenta!

Do Blog Bora Pensar

Continue Lendo

CADÊ A CULTURA POLÍTICA?

Na apertada balsa que pretende conduzir a nação a um futuro melhor, atirem-se ao mar os sem mandato, os sem toga e os sem farda. Alguém deve pagar a conta. E ela sobra, invariavelmente, para os mais pobres.

Por Frei Betto

Cadê o novo? Cadê a moralidade? Dá vontade de fazer eco a Stanislaw Ponte Preta: “Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!”

De nada adianta o desalento diante das maracutaias do Ministério da Saúde, das propinas na compra de vacinas que salvam vidas, das rachadinhas familiares. Desopilar o fígado nas redes digitais é acender fósforo para conferir se há gasolina no tanque.

Continue Lendo

BILIONÁRIOS SE PREPARAM PARA O FIM DA CIVILIZAÇÃO

Dezenas de refúgios compõem a sede da Vivos XPoint em Dakota do Sul.THE VIVOS GROUP

Crise do coronavírus disparou oferta e demanda de ‘bunkers’ projetados para enfrentar o apocalipse, com os endinheirados gurus do Vale do Silício como principais instigadores

Por Carlos Megia / El Pais

—Alô?

—Até que enfim, senhor DeMarest. Escute-me bem. O senhor precisa estar no aeródromo de Saint-Rémy em 16 minutos.PUBLICIDADE

—Como? O quê? E que horas são?

—8h34. Estamos tentando entrar em contato com o senhor e sua esposa há três horas para evacuá-los.

No terceiro episódio da festejadíssima série francesa L’Effondrement (”O colapso”), um bilionário protagoniza uma corrida contra o relógio para pegar um avião exclusivo para fugir da falência da civilização tal como a conhecemos.

Continue Lendo