TEM FUTURO ESSE FUTURO?

Imagem: EACH -USP

Por Frei Betto

Quem da minha geração poderia imaginar, há 40 anos, que hoje teríamos em mãos um aparelho que cabe no bolso da camisa e nos permite conectar com o mundo, ver filmes e vídeos, fazer pesquisas e até proferir conferências com visibilidade para o público?

Quem poderia supor que as redes digitais quebrariam o monopólio de notícias em mãos da grande mídia ou que um hacker seria capaz de, à distância, sugar eletronicamente arquivos secretos (mas não seguros) dos governos?

Continue Lendo

SISTEMA DE ÓDIO TEM O OBJETIVO DE MATAR GENTE E DESUMANIZAR O RESTO

Publicada nesta quarta-feira, 24 de março de 2021 – André Stefanini/Folhapress

Por Marcelo Coelho

Há cem anos, uma peça de teatro apresentava ao mundo a palavra “robô”. Foi escrita pelo tcheco Karel Capek (1890-1938), e se chamava “R.U.R.” —esta a sigla da empresa que produzia os tais autômatos.

Não eram bem robôs de lata, como víamos nos antigos desenhos animados. Correspondiam mais a androides, feitos de proteína sintetizada em laboratório. A fábrica faz sucesso, liberando a humanidade de qualquer tipo de trabalho.

A palavra “robô” entrou para o vocabulário comum, mas a peça de Capek ficou bem menos conhecida. Não achei tradução para o português e, para dizer a verdade, acho que não faz muita falta.

Continue Lendo

55% DE POSTAGENS PRÓ-BOLSONARO NAS REDES SÃO DE ROBÔS

Estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FespSP) revela que robôs foram responsáveis por mais da metade das publicações favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro no Twitter.

O mais incrível é que a ação foi levada adiante mesmo com as recomendações de isolamento já anunciadas pelo Ministério da Saúde.

gora se entende porque Bolsonaro investiu tanta energia anunciando as manifestações em seu twitter, no próprio dia 15, e tomou a decisão atrevida de romper a sua própria quarentena (estava com suspeita de infecção por Covid-19) e ir ao encontro dos manifestantes reunidos diante do Alvorada, interagindo fisicamente com quase 300 pessoas (segundo um cálculo divulgado pelo Estadão). 

A íntegra do estudo pode ser baixada aqui.

Continue Lendo

OS ROBÔS DO WHATSAPP QUE COMEM MUITA GENTE PELAS BEIRADAS

Postado por Blog do Valentin

Por Deutsche Welle

Whatsapp baniu 400 mil perfis na campanha eleitoral de 2018

Documento enviado pelo aplicativo de mensagens à CPMI que investiga a disseminação de notícias falsas nas eleições de 2018 diz que banimentos são decididos pelo comportamento das contas e não pelo conteúdo.

O aplicativo de mensagens Whatsapp relatou à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que investiga a disseminação de notícias falsas na campanha eleitoral de 2018, ter banido mais de 400 mil contas no Brasil entre os dias 15 de agosto e 28 de outubro de 2018, quando ocorreu o segundo turno das eleições presidenciais.

Em documento enviado à CPMI na semana passada, a rede social afirma que as contas foram banidas em razão de violações aos termos de serviço do aplicativo.

Continue Lendo