PEDRO: O DISCÍPULO ERRANTE, MAS AMANTE

Postado por Valentin Ferreira

As ‘redes’ que prendiam Simão em si mesmo são largadas para que ele pudesse se transformar em um ‘pescador de homens’

Por Daniel Reis* / Dom Total

Desde a sua vocação, nas margens do Mar da Galileia (cf. Mc 1,16-18), Simão (Pedro) nutriu um grande amor por seu Rabi, Jesus, pelo qual “largou imediatamente suas redes” (v.18) e o seguiu. As “redes” que prendiam Simão em si mesmo são largadas para que ele pudesse se transformar em um “pescador de homens” (v.17), que pescaria para o amor do Senhor todos aqueles que “se deixassem seduzir” (cf. Jr 20,7) pelo anzol do Evangelho.

Jesus entra na vida de Pedro e o coloca “a serviço”, como fez com sua sogra ao entrar em sua casa e curá-la (Mc 1, 29-31). Ao dar falta de Jesus que se retirou para orar, Simão “procura-o ansioso” (v. 36). O Mestre, ao chamar a si para o alto da montanha “os que ele queria” (v.13b), quando da instituição dos Doze (Mt 10,1-4), Simão Pedro é o primeiro (v.2b). Este primado é confirmado quando da acertada resposta de Simão à pergunta de Jesus sobre sua identidade: “Tu és o Cristo, o filho … Continue Lendo