MORTES EM AÇÕES POLICIAIS EM SP BATE RECORDE: ESPECIALISTAS CRITICAM OMISSÃO

Por Valentin Ferreira / Da Agencia Brasil EBC
São Paulo - A Polícia Militar reprimi a manifestação de universitários da USP, com bombas de feito moral e gás lacrimogêneo, os estudantes protestavam na Avenida Paulista (Foto repórter - Fernanda Cruz/Agência Brasil)Polícia Militar de SP em ação na Av.  Paulista /Fernanda Cruz/Agência Brasil
Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil

No primeiro semestre deste ano, as ações policiais do estado de São Paulo mataram 459 pessoas, o maior número dos últimos 14 anos, na comparação com os primeiros seis meses dos anos anteriores. O número crescente de mortes durante ações das polícias civil e militar, revelados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), preocupa especialistas. Pesquisadores em segurança pública ouvidos pela Agência Brasil alertam que as execuções de pessoas e a omissão do poder público diante do tema têm sido a política de segurança pública do estado de São Paulo.

Continue Lendo