MORO E DALLAGNOL, CÔNSULES DOS EUA

Por Jeferson Miola em seu blog

Nossa influência aqui é muito maior do que nossas pegadas

Liliana Ayalde, Embaixadora dos EUA no Paraguai e depois no Brasil, em telegrama ao Departamento de Estado [2009] vazado pelo wikileaks.

As provas documentais dos laços da Operação Lava Jato com o FBI trazidas a público pelo Intercept e Agência Pública [1/7] corroboram as suspeitas que veículos da imprensa independente aventavam pelo menos desde o final de 2014/início de 2015.

À época, Carta Maior, GGN, Brasil247, DCM, Viomundo e outras publicações lançavam suspeitas acerca da atuação de agências e órgãos do governo dos EUA por trás dos propósitos que moviam a Lava Jato e os movimentos de extrema-direita surgidos em 2013.

Continue Lendo

UM PAÍS EM DISSOLUÇÃO

Por Fernando Brito

Se nos deixarmos envolver na rotina dos escândalos -não raro mais de um por dia – que se sucedem no país é possivel que deixemos de ver o essencial do que está ocorrendo.

E o fato é que somos um país em dissolução, em todos os campos da vida coletiva.

A epidemia é, sem dúvidas, o mais dramático e terrível, pelas vidas que nos rouba, mas não é o único.

Continue Lendo

LIDERANÇAS SE UNEM EM LUTA PELA SOBERANIA: “A NAÇÃO ESTÁ DE JOELHOS”

Postado  por Blog do Valentin

Frente Popular e Parlamentar em Defesa da Soberania Nacional foi lançada nesta quarta-feira (4) em Brasília (DF)

Do Brasil de Fato

Uma conjunção de forças populares lotou, nesta quarta-feira (4), o maior auditório da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), na abertura do Seminário em Defesa da Soberania Nacional e Popular. Organizado pelas Frentes Brasil Popular (FBP) e Povo sem Medo, o evento, com programação durante todo o dia, marca o lançamento da Frente Popular e Parlamentar em Defesa da Soberania Nacional, que congrega múltiplos atores, entre deputados, senadores, partidos políticos, movimentos populares, igrejas, ONG e outras instituições.

Com a participação de mais de 300 pessoas, o lançamento teve como ponto alto a apresentação de um manifesto coletivo pela soberania nacional. O documento diz que “a nação está de joelhos” e reforça o combate ao neoliberalismo endossado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e à política externa da gestão, marcada pela aproximação crescente entre Brasil e Estados Unidos, país comandado pelo líder de extrema direita Donald Trump.

Continue Lendo

O PREÇO DA TRAIÇÃO, Por Fernando Rosa

Postado por Valentin Ferreira

Por Fernando Rosa /Funcação Perseu Abramo

A prisão de Lula, determinada pelo jagunço do Império, liberou, definitivamente, o assalto ao Brasil, como poucas vezes se viu em nossa história. Se nos tempos de Tiradentes, a espoliação foi brutal, hoje ganha contornos ainda mais graves. Não se trata apenas de “privatização”, estão transferindo infraestruturas estratégicas, como o sistema Eletrobras, para outros países, outros Estados.

Apesar da dificuldade nacional em entender isso, mesmo entre as lideranças, o golpe é “americano”, patrocinado pelo sistema financeiro e agências externas. O mais grave de tudo isso, no entanto, é que tal assalto aos interesses nacionais conta com o patrocínio interno, aberto ou velado. O sistema judiciário, partidos políticos, a Rede Globo e, por último, até mesmo as Forças Armadas, se alinharam ao ataque externo.

O que explica, por exemplo, as Forças Armadas desrespeitarem a sua missão constitucional número um, que é defender a soberania do país? E o Judiciário render-se às ordens do Departamento de Estado dos Estados Unidos e a suas “teorias” jurídicas? E a mídia, em especial a Rede Globo, transformar seu noticiário e jornalistas em mísseis e “mariners” a serviço dos bancos?

Continue Lendo