883 INVESTIGADOS POR FRADE EM AUXILIO EMERGENCIAL FORAM ELEITOS

Por Vinicius Konchinski / UOL

Ao menos 883 candidatos eleitos no domingo são suspeitos de receber indevidamente o auxílio emergencial pago pelo governo federal por conta da pandemia do coronavírus. Os nomes de todos eles constam de uma lista divulgada no dia 6 pelo TCU (Tribunal de Contas da União), órgão que já abriu uma investigação para apurar possíveis irregularidades. A lista do TCU contém 10.690 nomes de candidatos nas eleições 2020 que declaram à Justiça Eleitoral ter mais de R$ 300 mil em patrimônio e, mesmo assim, aparecem como beneficiários do auxílio.

Continue Lendo

BRASIL DOS SAFADOS E DOS HONRADOS

Por Frei Betto

Em certos dias sinto profunda vergonha de ser brasileiro. Acontece quando vejo sucessivos governadores do Rio mergulhados na mais descarada corrupção, enfileirados à porta da cadeia. Ou quando me deparo com o contorcionismo da família Bolsonaro para (não) explicar rachadinhas, milícias, Queiroz, Wassef, 89 mil reais repassados à primeira-dama, e o modo agressivo com que o presidente reage às perguntas que não querem calar.

Fico envergonhado quando o Tribunal de Contas da União (TCU) descobre que o auxílio emergencial, que beneficia 66,2 milhões de pessoas, foi pago também a quem não tinha direito de recebê-lo. Gente que, com certeza enche a boca para acusar injustamente líderes progressistas de corrupção, embolsou o total de R$ 42,1 bilhões saídos dos cofres públicos.

Continue Lendo

DITADURA DAS CORPORAÇÕES PÚBLICAS, NO XADREZ DE LUIS NASSIF

Postado por Valentin Ferreira

Movimento 1 – o golpe

No começo, a elite civil prepara o campo para a desestabilização do sistema elegendo a figura do inimigo, o PT. Há o primeiro teste no mensalão. Depois, entra-se no jogo decisivo, adiado pelo bom momento da economia.

Quando a situação econômica piora, Judiciário e Ministério Público definem a melhor estratégia para tornar a Lava Jato uma operação irreversível. Consiste em investir sobre a linha de menor resistência, mirar um alvo que garanta a montagem de alianças com as estruturas de poder.

São varridos para baixo do tapete os indícios contra próceres tucanos, mercado financeiro, mídia e Ministros de tribunais superiores. O foco se concentra em Lula, no PT, em alguns peemedebistas mais notórios e no arco de alianças desenhado pelo projeto PT de poder, que tinha nas empreiteiras os maiores parceiros.

Movimento 2 – a falta de elite e de projetos

Monta-se uma verdadeira legião estrangeira em favor do golpe. Participam dela tropas das corporações públicas, do Judiciário, bilionários que saem às ruas como cidadãos comuns, cidadãos comuns que saem às ruas como linchadores habituais, e linchadores que saem às ruas armados de suas prerrogativas de magistrados e procuradores amparados por … Continue Lendo

MAIS DE 7 MIL PREFEITOS E SECRETÁRIOS TÊM CONTAS CONSIDERADAS IRREGULARES PELO TCU

Postado por Valentin  Ferreira

O Tribunal de Contas da União (TCU) entregou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nessa quinta-feira (26), a lista com os nomes e os processos de gestores públicos que tiveram as contas consideradas irregulares nos últimos oito anos.  A entrega do documento é uma exigência da Lei da Ficha Limpa, que precisa ser cumprida a cada ano eleitoral.

São mais de 7 mil prefeitos, secretários e gestores de órgãos públicos de todo o Brasil que correm o risco de serem considerados com a ficha suja e impedidos de disputar as eleições deste ano. Mas ter o nome na lista é só um indício, como explica o presidente do TSE, ministro Luis Fux.

A lista será atualizada, diariamente, pelo TCU e deve ficar disponível para qualquer pessoa, pela internet.

Após o registro das candidaturas, quem tiver o registro questionado pelo Ministério Público, adversários ou partidos, será julgado pela Justiça Eleitoral e pode ter a candidatura impugnada. O prazo para oficializar as candidaturas termina no dia 15 de agosto.

Fonte: Radioagencia Nacional

Continue Lendo