DE ACORDO COM A CIÊNCIA, AS PESSOAS CONFUNDEM O CONHECIMENTO DA INTERNET COM O SEU

Imagem: Pinterest

Estamos deixando nossos celulares pensarem por nós. Por podermos encontrar todas as informações que desejamos no Google, há quem não separe mais seus conhecimentos dos oferecidos pela Internet.

Chegamos a um ponto da nossa existência em que muitos carregam o cérebro nas mãos e não na cabeça. Os telefones celulares estão configurando um fenômeno surpreendente e perturbador. De acordo com um estudo recente publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), as pessoas confundem o conhecimento da Internet com o seu.

Continue Lendo

”ESTAMOS DEIXANDO O CELULAR ALTERAR A FORMA COMO SOMOS HUMANOS”‘

Postado por Valentin  Ferreira
Há dois anos Catherine Price decidiu que tinha de romper a relação que tinha com o celular. Pelo caminho, escreveu um Manual de Desintoxicação sobre o processo. Em entrevista, explica aquilo que aprendeu e partilha as estratégias que usou.

Aos 37 anos, a norte-americana Catherine Price, autora e jornalista de ciência, percebeu que já não sabia ocupar o tempo livre sem o telemóvel e que, por isso, a relação tinha de acabar. A decisão chegou em 2016 quando estava a amamentar Clara, a filha recém-nascida. “Reparei que enquanto eu olhava para a tela e deslizava os dedos por mensagens antigas e candeeiros em lojas online, ela estava a olhar para mim. E eu não estava a olhar para ela,” relembra a autora. “Não queria que essa fosse a sua primeira memória de interação com outra pessoa.”

Leia Também

Continue Lendo