CARTA A SÉRGIO MORO, por Tico Santa Cruz

Por Valentin Ferreira  /  do The InterceptSÃO PAULO, SP, 06.12.2016: SERGIO-MORO - Henrique Meirelles, Geraldo Alckmin, Sérgio Moro, Aécio Neves e Michel Temer - Cerimônia de premiação ''Brasileiros do Ano'', da Revista ISTOÉ, que homenageia as personalidades que se destacaram em 2016, no Citibank Hall, na zona sul de São Paulo (SP). Serão onze homenageados nas seguintes categorias: Brasileiro do Ano, Justiça, Televisão, Esporte, Teatro, Gestão, Política, Moda, Comunicação, Música e Cultura. (Foto: Diego Padgurschi /Folhapress)

MORO,

O senhor deveria ser apenas juiz, mas o senhor se tornou um herói. Heróis fazem justiçamento, juízes fazem justiça. Entende a questão?

Comecei a desconfiar de que o senhor havia deixado de ser juiz para ser herói quando começou a falar para fãs e não para a sociedade.

Admirador admira, enxerga erros e acertos. O fã não, ele acredita que seu herói nunca falha.

Tudo bem ter admiradores. Admirador admira, enxerga erros e acertos. O fã não, ele acredita que seu herói nunca falha. Isso mexe com a vaidade, e vaidade é um perigo.

Continue Lendo