ASSIM SE “FABRICA” OS NOVOS GOVERNANTES?

Por Valentin Ferreira

Coincidências à parte, assim é que está funcionando.  Pelo menos para os recentes governos de direita.

Depois de Donald Trump, que teve eleição conturbada por problemas vinculados às redes sociais, cuja estratégia esteve sob os olhos de Steven Bannon, pessoa que também foi responsável por auxiliar na avalanche de informações  no Brasil que acabou sendo fundamental na eleição do capitão, agora é vez do líder israelense.

Hoje, a Reuters informa que “Dois pesquisadores israelenses disseram nesta segunda-feira (01-04) que descobriram uma rede de centenas de contas falsas no Twitter que promoveram o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e atacaram seus rivais políticos, uma semana antes da eleição nacional”

Continue Lendo

COMO FACEBOOK, TWITTER E GOOGLE LUCRAM QUANDO VOCÊ SENTE RAIVA

Postado por Valentin Ferreira

Por Tatiana Dias / The Intercept Brasil

Eu postei no Twitter a reportagem da revista Veja. Uma das primeiras reações – fora comentários de seguidores e retweets previsíveis – foi essa aqui:

“Cuidado c língua….17 vem aí” 

É algo previsível vindo dos apoiadores de Jair Bolsonaro quando confrontados com a realidade: ironia e ameaças – veladas ou explícitas. Só na semana passada, uma jornalista foi perseguida e exposta no Twitter por engano, a autora da reportagem que mostrou que o mesmo candidato havia ameaçado a ex-mulher em 2011 também foi exposta, e Carlos Bolsonaro, vereador e filho de Jair Bolsonaro, postou uma foto com uma simulação de tortura, feita originalmente em protesto contra seu pai, com uma legenda irônica para meio milhão de seguidores no Instagram. Todos esses conteúdos – exceto o stories de Bolsonaro, efêmero por natureza – ainda estão no ar. A resposta ao meu tuíte também, mesmo depois de ser denunciada.

Continue Lendo