NA UTI: “MUITOS SE DECLARAM ARREPENDIDOS, PORÉM, JÁ É TARDE DEMAIS”

Ludhmila Hajjar, médica cardiologista, foi cotada para substituir
Pazuello na Saúde, mas recusou convite
(Imagem: Marcus Leoni)

Casos de Covid-19 na UTI são de pacientes não vacinados, diz médica que recusou convite para assumir Ministério da Saúde no governo Bolsonaro. Ludhmila Hajjar ainda afirmou que “muitos se declaram arrependidos, porém, já é tarde demais”

Ludhmila Hajjar, médica intensivista e cardiologista, afirmou que os pacientes com covid-19 nas UTIs são aqueles que não tomaram a vacina contra a doença. Ela ainda chamou atenção para o alto número de profissionais de saúde infectados na nova onda de casos, em decorrência da variante Ômicron.

“As UTIs estão atualmente só com casos de covid entre os não vacinados. Os imunizados dificilmente passam do atendimento ambulatorial”, relatou a médica em entrevista ao jornal O Globo.

Continue Lendo

COMO NA ITÁLIA, FALTA DE UTI NOS FARÁ ESCOLHER ENTRE QUE VIVE E QUEM MORRE

É dever da sociedade estabeler critérios transparentes durante pandemia de coronavírus, dizem especialistas

Por Daniel Wei Liang Wang/Marcos de Lucca-Silveira / Folha

Explosão do número de pacientes com sintomas graves de Covid-19 torna urgente o debate da distribuição de vagas em UTIs em períodos de catástrofe, de modo a dar legitimidade às complexas decisões sobre quais doentes vão ter prioridade.

Na saúde, há sempre mais necessidades que recursos. Por isso, muitos pacientes não recebem todos os cuidados de que precisam. Um recurso frequentemente racionado são vagas em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

Continue Lendo