NO NATAL, VACINE-SE CONTRA A DESESPERANÇA

Por Fernando Brito

O Natal poderia estar sendo o fecho de um tempo áspero e cruel que vivemos em 2020, mas parece o contrário, com o recrudescimento de todo o tempo ruim que marcou.

Na TV, ouço uma médica de UTI dizendo que, desde o início do ano vem tentando achar forças para enfrentar o medo e o trabalho pensando que, “é só mais um mês”.

E não foi, e não é e não será.

Mais que a provação, o que nos derrota são a angústia e o medo.

É viver o sobressalto de saber quem será o próximo – e falo dos próximos, mesmo, porque os distantes são aos milhares – a cair nesta maldita “gripezinha”, no dizer do imbecil que nos envergonha como país.

Continue Lendo

POR QUE VIVEMOS NA SOCIEDADE DO CANSAÇO?

O filósofo sul-coreano Byung-chul Han

Por Cesar Gaglione /Nexo Jornal

Em 2013, uma pesquisa realizada pelo Ibope demonstrou que 98% dos brasileiros se sentem cansados mental e fisicamente. Os jovens de 20 a 29 anos representam a maior fatia dos exaustos.

A tendência aparece em outros lugares. De acordo com o Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos de 2015, 43% dos trabalhadores do país dormem menos do que o período recomendado pela Fundação Nacional do Sono, ONG americana que promove a conscientização pública da importância do sono e dos distúrbios decorrentes da falta dele.

O filósofo sul-coreano Byung-chul Han se debruçou sobre o tema da exaustão e produziu o ensaio “Sociedade do cansaço”, publicado no Brasil em formato de livro pela editora Vozes. No texto, Han argumenta que cada época possui epidemias próprias, como as doenças bacteriológicas e virais que marcaram o século 20. Para ele, as patologias neurais definem o século 21 – e todas elas surgem a partir de um denominador comum: o excesso de positividade.

Continue Lendo

VÍDEO: O PLANETA DOS HUMANOS

Um documentário que mostra uma realidade diferente daquela costumeira que nos é mostrada.

“Nós humanos, devemos aceitar que o crescimento infinito em um planeta finito, é suicídio.”

“Não é a molécula de dióxido de carbono que está destruindo o planeta. É a gente.

“A humanidade é desfiada, como nunca foi desafiada antes, para provar sua maturidade e domínio – não da natureza, mas de si mesma.”

Título original: Planet of the Humans

Produtor Executivo: Michael Moore Produzido por: Ozzie Zehner Um filme de: Jeff Gibbs Produção: Huron Mountain Films

Continue Lendo

A CIVILIZAÇÃO EXIGE RESPEITO PELA MORTE

O professor e ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro – Foto de Mathilde Missioneiro – 4.fev.20/Folhapress

Por Renato Janine Ribeiro

Como muitos brasileiros, fiquei chocado com a cena de um restaurante em Gramado (RS), curiosamente chamado “Divino”, no qual um cliente e três garçons se exibiram dançando o meme do caixão, conforme noticiou a Folha na terça-feira (12). Também impressionou ver, nas manifestações pró-governo, gente simulando defuntos para brincar com a morte, obviamente, alheia. E jamais imaginei que uma atriz famosa, hoje secretária nacional de Cultura, se recusaria a prantear os colegas artistas mortos e, pensando só em si mesma, diria que está “leve, viva!”.

Continue Lendo